Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

Author Archive

Prêmio Nobel para o Clube Atlético Nacional

December 5th, 2016 | 1 Comment | Filed in Chapecoense, Copa Sul-Americana 2016

Eu indicaria o presidente do Clube Atlético Nacional ao prêmio Nobel da Paz.

Sua pronta deliberação em declarar a Chapecoense campeão do torneio propiciou todo o clima para a celebração ocorrida na Colômbia, permitiu que os povos dos dois países se solidarizassem, não abriu margens para qualquer conflito corporativo, questionamentos a regulamentos, acesso, premiações, forneceu subsídio para que dirigentes trabalhassem na decisão mais adequada.

A decisão do presidente do Clube Atlético Nacional é lapidar na forma mais salutar e eficiente de resolução de conflitos que vem a ser nem propiciar elementos para possibilidade da existência deles.

Nova Imagem (9)

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Claro que crianças devem jogar bola

October 26th, 2016 | 2 Comments | Filed in Futebol
É possível que os pesquisadores nunca tenham chutado uma bola na vida, ou melhor, cabeceado.
 
De toda forma, o texto alerta mais para o treino que para o jogo. No jogo não há a repetição, bem como a criança manja de quando não meter a cabeça na bola.
 
A bola quando vem alta dói e a molecada tira a cabeça. Só quem mete a cabeça nela é aquele grandalhão que joga de beque e já deve ter a cabeça dura ou o miolo mole mesmo.
 
Jogar bola, aumentar capacidades motoras e cognitivas através desse jogo de difícil controle e, especialmente, tomar logo as primeiras noções de trabalho em equipe dado que não importa quem erre, se você não cobrir o companheiro você perderá o jogo igualmente independente de quem seja a culpa.

Cabeceio

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Já nas Bancas

August 6th, 2015 | No Comments | Filed in Política

VEJA Romário

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

No meio do caminho havia uma Barriga

June 28th, 2015 | 4 Comments | Filed in Campeonato Carioca 1995, Fluminense

Há 20 anos o Fluminense campeonava o badalado Carioca de 1995 contra o Flamengo de Romário, Branco e Luxemburgo, o Botafogo de Túlio e, vá lá, o Tricampeão Vasco de Valdir Bigode.

Botafogo e Flamengo rivalizavam as atenções não apenas nos dois turnos iniciais como no 1º turno do Octogonal. Por bonificações, Flamengo e Botafogo entraram com pontos extras, Vasco não lembro e Fluminense e os demais sem nada.

De cara o Fluminense perdeu um jogo para o Botafogo talvez e empatou outro com o América ficando na 2ª rodada OITO pontos atrás do Botafogo com nove pontos. Daí o Botafogo vacilou contra o América e um outro pequeno e o Fluminense saiu papando os clássicos ficando ali na cola de Fla e Bota que lideravam.

A tabela era planejada rodada a rodada. Pois sim, o octogonal NÃO tinha tabela definida no turno de volta e entenderam que Botafogo x Flamengo deveria ser antes da última rodada apesar dos dois estarem à frente na tabela. O jogo não definia a sorte do Fluminense como um todo, mas o confronto direto com o Botafogo não mais ocorreria. A excepcional partida do goleiro Roger que viria a ser reserva de Rogério Ceni no São Paulo manteve o Flamengo na disputa e o manteve com vantagem sobre o adversário direto na última rodada, o ultra azarão Fluminense. Não houve final naquele campeonato, mas uma última rodada de Pontos Corridos com os postulantes se enfrentando.

Ainda que o campeonato tenha se bipolarizado entre Botafogo e Flamengo com Túlio e Romário brigando pela artilharia e título simbólico de Rei do Rio, a má campanha Tricolor levava um gás nos Fla x Flu. Renato Gaúcho desacreditado vindo de um bizarro Galo de 94 nem jogara muito o campeonato. Poucos gols fez, mas os fez justamente contra o Flamengo. O azarão Fluminense empatou em 0x0 na estréia de Romário com Lima parando o melhor do Mundo e depois só deu Flu. 3×1 no returno com Renato marcando e um prenúncio épico no turno do octogonal com um 4×3 com mais gol de Renato e virada após entrada do carrasco Ézio, o Super Ézio.

A pedra no sapato rubro-negro não era, apesar de uma campanha coadjuvante e precisando da vitória, azarão na “final” porque se tinha um time que batia aquele Flamengo era o Flu do decadente Renato. Romário nunca marcara gol no Fluminense e a Tricoloriedade não temia que marcasse.

A farra e a festa foi imensa na chuva do 1º tempo do Maraca com os 2×0 consagradores selando a 3ª vitória seguida, feito inédito para qualquer um dos times em 100 anos do clássico. Assim seria até o apito final não fosse o expatriado do outro lado, Branco, cobrar uma falta do meio da rua no travessão. Aquele chute empurrou o Flamengo aos seus dois gols e o resto é história que eu me recuso a completar.
A apresentação do plantel campeão após 9 anos de fila deixo por conta dos MC’s de contenção, MC Cadu e MC Marcio Costa.

Saudações Tricolores

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Blatter picou a mula

June 2nd, 2015 | 3 Comments | Filed in Copa 2014, FIFA

Está lá no site da FIFA o discurso do presidente Blatter:

I have been reflecting deeply about my presidency and about the forty years in which my life has been inextricably bound to FIFA and the great sport of football. I cherish FIFA more than anything and I want to do only what is best for FIFA and for football. I felt compelled to stand for re-election, as I believed that this was the best thing for the organisation. That election is over but FIFA’s challenges are not. FIFA needs a profound overhaul.

While I have a mandate from the membership of FIFA, I do not feel that I have a mandate from the entire world of football – the fans, the players, the clubs, the people who live, breathe and love football as much as we all do at FIFA.

Therefore, I have decided to lay down my mandate at an extraordinary elective Congress. I will continue to exercise my functions as FIFA President until that election.

Joseph Blatter também deve ser leitor de Stephen Kanitz.

O exemplo está dado

O exemplo está dado

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

H@H@H@H@H@H@H@H@

May 3rd, 2015 | 4 Comments | Filed in Campeonato Paranaense 2015, Coritiba, Política, PR, Sociologia

H@H@H@H@H@H@H@H@

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

De sua varanda gourmet, sorri Ricardo Teixeira

March 13th, 2015 | 11 Comments | Filed in Política, Sociologia

Popularidade Dilma

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Gilvan explica 1º turno em Minas

October 7th, 2014 | 3 Comments | Filed in Política

O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, não conseguiu ser eleito para deputado estadual no mandato 2015/2018. Segundo os números divulgados pelo site do Tribunal Superior Eleitoral, Gilvan teve apoio de 38.400 eleitores, 0,37% dos 10.346.814 votos válidos.

Gilvan é filiado ao Partido Verde (PV) desde outubro do ano passado, quando declarou a intenção de se candidatar a uma vaga na Assembleia Legislativa. Contudo, sua campanha nesta eleição não fora tão difundida, com pouquíssimos segundos nas propagandas da televisão.

Como portfólio Gilvan de Pinho Tavares apresentou a formação e manutenção de um time de ponta, mais barato e eficiente que concorrentes, elogiável condução administrativa, fomento dos sócios-torcedores com satisfatório alcance das metas e, por fim, excelente articulação com o Governo do Estado e Consórcio Minas Arena no acordo de uso do Mineirão dando uso produtivo ao aparelho público bem como auferindo ganhos evidentes para seu clube.

O povo mineiro o vetou nas urnas. Com mais presença na campanha talvez sobrasse tempo para oferecer o que o povo gosta ou acha que gosta: bolsas, vales, cestas e kits.

O mesmo JORNISMO que empunha o microfone para me passar as informações do portfólio justificando o dicampeonato cruzeirense comemorou a derrota do dirigente nas urnas, no que fazem certo. Afinal, manter o monopólio sobre as mentes dos torcedores é o mote de suas campanhas.

Desaprovados pelo Vale do Jequitinhonha

Desaprovados pelo Vale do Jequitinhonha

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Racistas autênticos ou racistas hipócritas

September 23rd, 2014 | 2 Comments | Filed in Grêmio, Sociologia

O Grêmio nasceu restrito e com o passar dos tempos modificou-se junto com a sociedade passando a ser aberto a um público mais generalizado. Não vejo como isso pode não ser digno tão somente de aplausos dos progressistas

A miscigenada torcida gremista é a prova cabal que o clube, bem como qualquer outro clube de massa no futebol brasileiro, muito bem fez pela integração dos brasileiros de todas as origens acolhendo-os democraticamente. Essa mesma torcida miscigenada é também prova que o Grêmio não trouxe consigo ranço de discriminação étnica… a não ser que se entenda que os gremistas não possuem capacidade para julgamento, que a meu ver por qualquer outro assunto é similar a de torcedores dos demais clubes grandes.

O Grêmio não é racista. Isso já está demonstrado. Não há qualquer evidência contrária a essa afirmação. A torcida do Grêmio, ao que tudo indica, também não é. Todavia em tendo predileções racistas, problema exclusivo dela desde que, pelas leis brasileiras, não segregue ninguém. Quem quiser interpretar o quiprocó da torcida gremista com Aranha como inclinações racistas dos gremistas fica ao menos com as informações bem expostas para delas fazer o melhor proveito possível.

Os que tomam os gremistas como racistas preferem manifestações autênticas ou hipócritas?

Até cariocas são bem-vindos

Até cariocas são bem-vindos

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Piranha

September 5th, 2014 | 9 Comments | Filed in Copa do Brasil 2014, Justiça, Sociologia

“- Piranha! Piranha!”

Estou curioso em saber as repercussões pelo próximo gol mal anulado de um time da casa por uma Bandeirinha.

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.