Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

Santos Campeão da Libertadores 2011 – O melhor técnico da América

June 23rd, 2011 por | Categorias: Libertadores 2011, Santos.

Muricy Ramalho de carro novo conquista sua primeira e merecida Libertadores, depois de já ter batido na trave pelo São Paulo em 2006, além de outras 4 participações não tão agudas.

O melhor técnico do País lapidou diamante bruto. Muricy deu ao Santos o que faltava à equipe: uma defesa. Setor que arma como ninguém no Brasil e agora na América. Foi assim com seu São Paulo tricampeão brasileiro e com o Fluminense de … Gum e Leandro Euzébio.

Triplice Coroa Muricy 2010/11 > Tríplice Coroa Cruzeiro 2003

O Peixe que ganhava jogos como queria, passou também a não perdê-los. Daí, com sistema defensivo fortíssimo, restou deixar que Neymar conduzisse a turma já arrumada da frente aos gols, vitórias e título, que levaram ao enorme Muricy a dizer logo após a conquista:

Eu merecia esse título

Coisa de vencedor e de quem sabe que é foda.

****

Muito se engana que o Mundial pode proporcionar o duelo Messi x Neymar. Um não marcaria o outro. Em sendo a final, o verdadeiro embate seria Messi x Muricy, o melhor atacante da Europa contra o melhor armador de sistema defensivo da América.

Como Tricolor grato por ter tido o prazer de ter tido o time comandado por Muricy só me resta a alegria de ver o atual treinador campeão Brasileiro, Paulista e da Libertadores reverenciado por ninguém menos que Pelé, e lamentando por meu time ter perdido um treinador desses.

Fica o alento que pelo menos a normalidade dos grandes está mantida com o melhor técnico do País treinando o melhor jogador brasileiro.

Maior Clube de Futebol do Brasil

Santos copará o Brasileiro e o Mundial 2011?
View Results

Inscreva seu e-mail e confirme pelo link eviado para receber novos artigos do Blá blá Gol.

126 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

126 Comentários para “Santos Campeão da Libertadores 2011 – O melhor técnico da América”

  1. Victor
    23/06/11 - 0:58

    Nem falo do Arouca que é outro que meu time perdeu de mão beijada.
    Fabinho é testemunha que quando começaram já era mole afirmar que Arouca >>>>> Diego Souza.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Mas isso é muito obvio né?

    Responda a este comentário

  2. Douglas
    23/06/11 - 1:05

    Numa boa, foda é ter que torcer por um time dirigido por esse cara. É só sufoco.

    É mais universo conspirando a favor – vide o acidente ocorrido com o Cruzeiro e Penarol x Velez – do que o técnico, que fez tudo o que pôde para perder o caneco.

    O que dizer de Santos e América, lá no México? Que porra de estratégia é essa?

    Neymar salvou. Assim como Conca salvou, ano passado.

    O Santos jogou a mesma bolinha do Fluminense dirigido por Muricy nos três primeiros jogos da Libertadores. A diferença é que no Santos, não havia Berna 2011 (apesar de Zé Love). E sem tirar os méritos do Santos, nem desmerecer o Penarol, mas o ataque uruguaio foi horroroso nas duas partidas finais. Tivesse mais competência o ataque uruguaio, o Santos teria uma vida mais complicada do que já teve em busca do título.

    Um dia, meus caros, a verdade aparecerá. Por enquanto, a maioria não está preparada.

    É mero caso de pacto com o capeta.

    Que ganhe mais 5 mil títulos, quero esse sujeito bem longe do meu time.

    Responda a este comentário

    Bender

    “Um dia, meus caros, a verdade aparecerá.”

    Qual é essa sua “verdade”?

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    se pacto com o capeta dá nisso, me tá o telefone do chifrudo aí…

    Responda a este comentário

    Douglas

    Você ganha. Mas o preço cobrado é alto. Tem certeza que está preparado?

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Eu pego o capeta e enfio porrada nele. Quem acredita em capeta e nessa conversa fiada de salvação (salvar de que eu ainda nao entendi), é cabeça fraca.

    Responda a este comentário

    Douglas

    A mesma que cai nos ombros de Enganaldinho agora.

    Responda a este comentário

    gerson

    cara você esta com inveja só falou asneira vai chorar na casa que é quente o meu time é tri deu otario

    Responda a este comentário

    Douglas

    Pensei que analfabetismo funcional fosse coisa de corintiano. esqueci que a imbecilidade é democrática.

    Responda a este comentário

    Humberto

    Para seu governo, se não fosse pelo Muricy Ramalho não ter acertado a defesa do Santos, o meu time alvinegro praiano teria sido eliminado da Libertadores há muito tempo.

    Responda a este comentário

    Douglas

    Para seu governo, se não fosse a fantástica atuação de seu goleirinho, contra o América, lá no México, o seu alvinegro praiano já estaria eliminado da Libertadores há muito tempo. Com Muricy e tudo.

    Responda a este comentário

    José João da silva

    Meu caro você é péssimo colunista e não entende nada de futebol.Você só engana a você mesmo.

    Responda a este comentário

    Douglas

    “você é péssimo colunista e não entende nada de futebol”

    Uau, não vou nem dormir, bonitinho.

    Responda a este comentário

  3. Bender
    23/06/11 - 1:32

    Maneiríssimo ver o desespero do adversário quando Neymar pega na bola. Junta logo 2, 3 marcadores em volta dele. O que acaba abrindo espaço para os companheiros.

    1º tempo foi no ritmo do jogo no Uruguai, meio travado e chato. No 2ºT o gol logo no início foi fundamental para melhorar a partida. O Peñarol teve que sair e espaços apareceram.
    Ganso, apesar de perder o gol que mataria o jogo, jogou bem. Sempre que vejo em campo mostra que tem qualidade.
    Arouca foi bem e Elano mais discreto hoje.
    Neymar é o cara. Diferenciado. Na hora de matar o jogo com o totozinho, a bola bateu na trave e não entrou pois os “Deuses do futebol não quiseram” (MENDES, Luiz)
    19 anos, campeão e vice-artilheiro da Libertadores. E há quem se ofenda.

    Comentários não controlceados
    [Via @raphazarko]
    Isso não é engraçado. Patética a valentia dos uruguaios ensandecidos.

    Concordo com Zarko. Além de terem batido bastante no jogo todo. Juiz FROUXO. A porrada no Arouca era vermelho e ponto. O cagão ainda foi jogar a responsa pra cima do bandeira.
    Timinho escroto esse Peñarol. É tapa, pontapé, pisão… Chamam de “garra uruguaia” e ainda LOUVAM (!). TOMÁ NO CU. Bando de FDP. Esses escrotos têm histórico, sempre fazem isso. O detalhe é que só fazem quando PERDEM. Ganso foi falar com o cara no intervalo e o BABACA meteu a mão na cara dele.

    Ainda bem que conheço a boa geração de Forlan, Suarez, Lugano, Victorino… que mostra que o Uruguai não é essa bosta escrota que vi hoje.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    É tapa, pontapé, pisão… Chamam de “garra uruguaia” e ainda LOUVAM (!). TOMÁ NO CU.

    Engraçado que nunca vi ninguém aqui, paraquedista ou local, associando uma coisa à outra.

    E mais engraçado ainda alguém que agradeça conhecer a boa geração de Forlan, Suarez, Lugano, Victorino… não observar que estes jogadores aí (bem como alguns outros) representam o real sentido da garra uruguaia.

    Associar a Garra Charrúa com violência é piada de mau gosto.

    Não sei se é má vontade, preguiça ou força do hábito. Sei lá.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Responda a este comentário

    Bender

    “ele invadiu, agrediu um jogador do Peñarol e aí os outros jogadores foram pra briga…”
    Milton Leite falou o que não viu. Gaburah vai na onda.
    O video está aqui http://glo.bo/jTMZAo
    O sujeito babaquinha – que ninguém sabe quem é – falou uma gracinha pro uruguaiozinho que se sentiu ofendidinho e partiu pra ignorância.

    Isso não é engraçado. Patética a valentia dos uruguaios ensandecidos.[3]

    O interessante é que é comum essa prática do Peñarol – ou mesmo de times na Libertadores – mas não pode falar um “ai” de time uruguaio que se irritam rapidamente e transformam comentários até em posts.
    Deve ser “força do hábito”.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Você com certeza escreve o que viu e sabe.

    Noriega VIU o cara agredir o jogador. E ressaltou isso.

    Ainda não sei se é má vontade, preguiça ou força do hábito. Deve mesmo ser a força do hábito. É mais forte do que você.

    http://www.blablagol.com.br/a-farsa-da-violencia-uruguaia-14095#comment-98953

    Os fatos estão aí.

    Durante a transmissão, gente de bastante credibilidade como Milton Leite e Maurício Noriega a todo tempo chamava atenção para o fato de que o Peñarol jogava duro porém limpo. Ao fim do jogo, um mané santista (torcedor ou convidado, que chegou ao campo pelo túnel do Santos) entra em campo, agride um jogador do Peñarol e a porrada estanca. De uma hora pra outra os carboneros passaram de adversários briosos a ensandecidos, violentos e maus perdedores. Por causa de uma atitude de um torcedor DO SANTOS.

    Me responda que time uruguaio, argentino, romeno, árabe, japonês ou BRASILEIRO não teria a MESMÍSSIMA reação, por favor.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Eu acho que você ainda não me conhece direito. Mais do que simpatia ou torcida, eu tenho caráter e opinião formada.

    Se fosse um time do Afeganistão, minha reação seria a mesma. Os fatos são uns, o que neguinho tá comprando e vendendo é outra coisa. E por isso vale post. Me sinto na obrigação MORAL de não corroborar a mentira.

    O atual salva-cu de vocês é esse, achar que porque envolve time uruguaio eu entro na onda.

    Que se foda, tenho a consciência tranquila.

    Se acham legal acreditar na mentira, continuem. Tem gente que vive mais feliz assim.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    O mais bonito é que você defende o que ambos os vídeos condenam.

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    ‘Ainda bem que conheço a boa geração de Forlan, Suarez, Lugano, Victorino… que mostra que o Uruguai não é essa bosta escrota que vi hoje.’

    essa boa geração não fica no uruguai. não sei se vc viu o q cada jogador do Peñarol ganha… é quase um time de trabalhador contra um de popstars. E foram copando sem medo, queria jogadores assim no meu time.

    Responda a este comentário

  4. Bender
    23/06/11 - 1:33

    Muricy deveria estar na seleção. As chances aumentariam.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Mano nao deveria estar na seleção. As chances aumentariam.

    Responda a este comentário

    Nilson

    mais ele ta na seleSANTOS,q é mais importante q qualquer seleção do planeta!

    Responda a este comentário

    CAMILA

    concoooordo!!! falo tudoo… ele ta no SANTOS!!!

    Responda a este comentário

    Nilde

    Santossss, somos Tri!!!!! e deixa estes invejosos falar o que quiserem, SOMOS TRI!!!!com Muricy, Neymar, Ganso, Elano, Léo,…..

    Responda a este comentário

  5. Raphael Zarko
    23/06/11 - 1:47

    Eu me referi mais à briga no fim do jogo. As porradinhas durante não prestei muita atenção. No fim, a imagem mostrava que os jogadores do Santos falavam “acabou”, não queriam confusão. Mas os caras não estavam nem aí. Infelizmente, ensandecidos. Depois, devem sentir vergonha. Mas depois morreu (Thiago) Neves.
    OBS: Dizem que teve um torcedor santista que provocou e iniciou a briga. Mas o gesto de “acabou” foi ignorantemente ignorado.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    [Via @MauroCezarESPN]

    Segundo a rádio @estadaoespn um mané de calça jeans começou a porradaria após a peleja, ou acendeu o pavio com provocações.

    Mas sem a conversa manjada de “isso é lamentável”, digamos que “isso é Libertadores.

    Reações normais de cabeça quente, alguém provoca, o tempo fecha e o pau come. Sempre será assim, somos humanos.

    Diferentre do que os caras do Argentins Jrs fizeram na derrota para o Fluminense, ali me pareceu gratuito.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Assistam o vídeo e prestem atenção nos comentários, por favor:

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Cara, logo que acabou o jogo eu fiquei olhando… esperando o porradeiro. E os jogadores uruguaios nao partiram pra porrada. Depois a camera voltou e tava a zona.

    Eu pensei: cara, alguem provocou os caras…

    Mas a globo nao mostrou nada. Agora isso aí. Desnecessário.

    Responda a este comentário

    Rodrigo

    Vc poderia postar um vídeo de como foi esse momento da porrada pela Globo?
    Eu assisti pelo sportv.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Só falaram que os uruguaios nao sabiam perder e que tavam apelando porque perderam e estragando tudo e que eram fatos lamentáveis.

    Responda a este comentário

    Bender

    As porradinhas durante o jogo podem até ser consideradas “normais” para uma decisão. Se o juiz não fosse frouxo expulsava pelo menos um.
    Como está no video do link que postei (http://glo.bo/jTMZAo) o babaquinha falou umas gracinhas pro uruguaio mesmo, e sem a menor necessidade, mas aí… sabe como é né… a “garra charrua”…

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Garra Charrúa ≠ violência

    Não acredito que você esteja fazendo isso, cara. Me surpreende até mesmo vindo de você.

    Responda a este comentário

    Bender

    Garra Charrúa ≠ violência [2]

    já que tu falou em Matrix por aí… “free your mind” Gaburéx.

    Responda a este comentário

  6. Jorge Caldas
    23/06/11 - 2:37

    Victor, me desculpe, mas o Muricy falar que ele merecia esse título soou, pra mim, muito presunçoso. Sem falar q aquilo q Pelé fez ao fim do jogo, de levá-lo ao meio do campo como se ele fosse tão somente o responsável pelo Santos copar a Liberta, pode ser muito bem compilada no anedotário do Rei.

    Responda a este comentário

    Nilson

    o maluco vai chora na cama pq é mais quente,qm é vc p/ fala do pelé,e do mucici..

    Responda a este comentário

    Douglas

    Fico feliz pelo Santos. Mas é extremamente patético encarnar um fanboy de Muricy.

    GANHOU O MELHOR TIME. NÃO GANHOU O MELHOR TÉCNICO.

    Os caras criam uma aura mítica em torno do mister ética (ética bem questionável, por sinal), como se fosse um Deus.

    Agradeça o título a Neymar, não a Muricy. Lembrando que o cara entrou no time que simplesmente NÃO tinha técnico.

    Responda a este comentário

    Jorge Caldas

    Fico feliz pelo Santos. Mas é extremamente patético encarnar um fanboy de Muricy. [2]

    Douglas, há de se reconhecer q ele fez o Santos ser coeso tanto defensivamente quanto ofensivamente. Mas longe de ser o ÚNICO responsável por isso, conforme ficou explícito na atitude de Pelé. Essa é a crítica q fiz.

    Responda a este comentário

    Victor

    Jorge, eu entendo como presunção alguém que propala o que não é ou o que sabidamente não pode atingir.
    Eu consigo ver presunção até quando o sujeito nem fala nada. Só com atitudes.

    Onde todo mundo vê humildade e valorização eu vejo presunção. Como vi em Andrade na renovação com o Flamengo no fim de 2009, quando se emperequetou todo e forçou o Flamengo a renovar e aumentar seu salário para um cargo que ele sabidamente não tinha condição alguma de se sustentar.

    Muricy não estava ali tirando os louros da vitória santista. Quem acompanha o cara em coletivas e entrevistas sabe como ele pensa. É lógico que o cara sabe e exalta a importância de todo mundo (até porque se não fizesse, não conseguiria trabalhar em equipe como ele faz). Muricy estava falando dele, da carreira dele. Também desabafa, porque esses caras somatizam a cornetagem.
    E claro, quando um Muricy fala uma coisa dessas, sabe-se que a carreira dele continua em alto nível. As conquistas dele não são fruto da sorte ou do acaso. É impossível pensar disso de um cara que ganhou tanto e em tanto lugar. O cara ganha pelo menos um campeonato por ano.

    A fala dele incomoda brasileiros talvez por essa culpa católica a que somos submetidos e o irritante “Graças a Deus”.
    Muricy onde chega altera a forma de jogar do time e obtém sucesso. Há quem queira ver isso como demérito. Eu acho um mérito absurdo o cara saber exatamente o que está fazendo e ser bem sucedido.

    Responda a este comentário

    Alexandre N.

    Muricy onde chega altera a forma de jogar do time e obtém sucesso.

    Esta mesma afirmativa vale para o caso Palmeiras?

    Responda a este comentário

    Matheus

    Nardoni, você tá começando a querer usar o Palmeiras como um salva-cu ou é impressão minha?

    E pior: um Palmeiras que tem no seu aspecto político uma situação tão profundamente complexa que só o fodástico Felipão tem conseguido obter algum sucesso?

    Isso porque o Felipão não tem que conviver com a tragédia de nome Beluzzo, coisa que aconteceu com o Muriçoca.

    Responda a este comentário

    Alexandre N.

    Bom, aquele mesmo time do Palmeiras ia muito bem obrigado com o Jorginho (que era só o interino) no comando.

    Quanto ao questionamento principal, não é questão de querer usar um “salva-cu”. Mas afirmar que ele obtem sucesso por onde passa não é verdade. É querer ofender a inteligência dos outros (como no caso do Ronaldinho Gaucho).

    É simples: O que eu quero ver é ele ser retratado como um técnico normal. E como qualquer técnico normal, passa por altos e baixos durante a sua carreira. Que, como qualquer técnico, ele também ERRA! E, se você me permite melhorar o que quero dizer, quero ver a imprensa dizendo que ele é um bom técnico que segue as mesmas filosofias defensivistas que o Parreira e Joel Santana (que são execrados por muitos, inclusive aqui por seguí-las), pra citar exemplos. E não um gênio do futebol, coisa que desculpe, na minha opinião não é.

    Ficou claro? Ou quer que eu seja mais específico?

    Responda a este comentário

    Alexandre N.

    Resumindo: Muricy Ramalho é um retranqueiro como muitos outros que existem por aí. E não a solução para o futebol brasileiro.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Senão vejamos os trabalhos do homem que tenho aqui de cabeça:

    São Caetano – Trabalho razoável com um time merda.
    Internacional – Vice-campeão brasileiro do jeito que todo mundo viu.
    São Paulo – Tri-campeão brasileiro em 4 anos, se não me engano.
    Palmeiras – Trabalho ruim.
    Fluminense – Campeão Brasileiro.
    Santos – Campeão da Libertadores.

    De fato ele é um bom técnico. Queria um desses lá na casamata azul.

    Responda a este comentário

    Victor

    Só para saber se eu continuo, e como continuo caso leve o debate à frente… você está apenas divagando aproveitando o comentário como mote, ou é uma contraposição ao meu comentário e você espera um esclarecimento meu?

    Responda a este comentário

    Alexandre N.

    Não. Já deixei desenhado o que pretendia falar sobre o assunto.

    Responda a este comentário

  7. Andre Bona
    23/06/11 - 7:22

    O foda desse titulo é o Kleber machado chupando os dois ovos do Neymar, do Ganso, do Leo e de todo mundo…

    Eu tenho uma birra do Ganso, porque no mundial sub-17, o Alex Teixeira foi o nome da seleção. ganso era substituido todo jogo porque nao rendia porra nenhuma. Mas a midia é a midia… Eu acho o AT um excelente jogador. Mas nao tem lobby em cima dele.

    Responda a este comentário

    Nilson

    vc deve ser um corinthiano frustrado pq seu timinho ´so ganha paulistinha!!

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Nao, amigo, sou Vasco. Nao sou corinthiano nao. O futebol do Estado de SPFC eu acompanho a distancia, nao tenho interesse nele nao. Aliás, apesar de vencedor, acho muito feio (exceção ao Santos dessa década!)

    Abç!

    Responda a este comentário

  8. Andre Bona
    23/06/11 - 7:24

    Quando eu era moleque, a percepção de Santos era igual a da Portuguesa. Era uma lenda, tipo, o Santos jã foi isso ou aquilo. Legal ver o Santos de volta. Essa década foi muito boa para o clube.

    Responda a este comentário

    Nilson

    se o SANTOS era igual a portuguesa,imagina o vasco é pior q os times da vázea aqui de São Paulo,timinho de segunda divisão!

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Amigo, eu nasci em 1977. Até 1990 (de zero até 13 anos) o que vc acha que eu vi?

    Nos campeonatos brasileiros do período, supremacia carioca incontestável. O campeonato carioca, era o unico que interessava ao publico nao residente no Estado de SP.

    Naquele momento, eu vi um SPFC ganhar o brasileiro nos penaltis contra o Guarani em 86 e o Curinthians vencer o seu primeiro brasileiro.

    De resto, passeio carioca.

    O campeonato paulista, acho quem passava aqui, como no resto do Brasil.

    Eu nao disse que o Santos era como a portuguesa. Eu disse que essa era a minha percepção pela minha experiencia naquele momento.

    Se vc entender o que estou te falando, vai entender o contexto. Nao estou falando mal do Santos. Nunca falaria mal do Santos.

    Compreende o que eu digo ou ainda tá dificil pra vc?

    Responda a este comentário

  9. Andre Bona
    23/06/11 - 7:27

    Ano que vem é a vez do Vasco buscar o tri.

    Responda a este comentário

  10. Manna
    23/06/11 - 7:29

    Concordo com o Jorge Caldas quanto às falas presunçosas de Muricy. Acho que seria elegante que o Muricy falasse que parte daquele título é, também, dos outros técnicos, tais como Dorival.
    Também concordo com o Bender com relação a ida do Muricy à seleção. Não sei o motivo, mas desde que o Mano foi convocado, fiquei com a sensação de que ele não iria bem nos jogos e campeonatos da seleção e que, por consequencia, o Muricy o substituiria…
    No jogo, achei o Elano muito apagado. Para mim os destaques foram Neymar, Ganso, Arouca (apesar de algumas falhas) e Zé Eduardo.
    Enfim, Parabéns ao Santos! Nos vemos na libertadores do ano que vem!

    Responda a este comentário

    Victor

    E se ele entendesse que os outros técnicos não tenham parte desse título? Seria elegante, mas mentiroso.
    Eu acho que o Dorival, citado no exemplo, não tem nenhuma participação nesse título. Pelo contrário, já que publicamente ficou comprovado que ele tentou sabotar esse grupo em suas diversas punições públicas aos craques da equipe. Isso para ficar na parte disciplinar, pois na parte tática, Dorival era irresponsável defensivamente criando a muleta psicológica na derrota porque o time fazia 18 gols em quase todos os jogos, mas levava 5 em todos.
    Não adianta o cara tirar 10 em matemática, português, quimica, biologia, educação artistica, história e geografia e 2,5 em física. Está reprovado.

    Responda a este comentário

    Douglas

    Com Muricy, virou um time que tira cinco em tudo, correto?

    Responda a este comentário

    Jorge Caldas

    Douglas, pela lógica do Victor, acredito q tenha passado com 6 em tudo. Foi suado, sofrido, mas os caras passaram.

    Responda a este comentário

  11. Gaburah
    23/06/11 - 7:31

    SAI QUE É TUA, MARTELOTTE!!

    Responda a este comentário

    Gaburah

    (mas Muricy tem lá seus méritos, como bem exposto pelo Victor no texto)

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Em tempo: o Santos é campeão incontestável.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Em tempo: o Santos é campeão incontestável. [2]

    Responda a este comentário

  12. Ari Custódio.
    23/06/11 - 8:08

    Entendo que sempre que o Santos entra em campo, todos os torcedores que não são santistas, torcem completamente contra!!!
    AGora todos irão dizer que o Santos não tinha futebol pra ganhar a LIBERTADORES e nem o Murici a capacidade de transformar a defesa santista numa “quase” parede intransponível.
    A verdade é que, os torcedores do “contra”, terão muito tempo para tentar engolir a “espinha” que ficou entalada na garganta de vocês!!!
    Então é o seguinte moçadinha do BRASIL!!! Deu SANTOS FUTEBOL CLUBE sim, na cabeça e como tem ainda aqueles que dizem que foi sorte, outros dizem que foi pacto com o capeta, este exemplo deve ser útil aos outros clubes brasileiros de como se deve jogar o verdadeiro futebol do BRASIL!!! E dá-lhe PEIXE!!! PARABÉNS!!! Agora vamos esperar pelo MUNDIAL DE CLUBES e que vença o que tiver mais “SORTE”!! RSRSRS

    Responda a este comentário

    Douglas

    É sério que você que o “verdadeiro futebol do Brasil” jogando como os alemães dos anos 1980?

    Mais uma vez, Parabéns Santos, APESAR DE MURICY.

    Essa galera que exalta Muricy (títulos apagam rápido da memória todos os defeitos conceituais dos times desse senhor) merece mesmo esse futebolzinho chinfrim que é desempenhado por aqui nos últimos anos.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Amigo, eu nao conheço NINGUEM que torça contra o SANTOS em decisão.

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    eu não conheço NINGUÉM que se importe com o SANTOS. Por isso é um tão passível dessa exaltação escrota q fazem em cima dele. não existe má vontade.

    Responda a este comentário

    CAMILA

    eu conheço cara! tinha um aqui em casa ontem…ainda bem q foi embora antes de começar o jgo!

    Responda a este comentário

    Jorge Caldas

    Mas provavelmente é rivalidade local. O q pude entender do comentário do Ari é q todo o país estava torcendo contra, e não era isso o q aconteceu. Não ao menos do lado de cá da Baía…

    Responda a este comentário

  13. Gaburah
    23/06/11 - 8:14

    Apesar da simpatia pelo futebol uruguaio, não sou torcedor do Peñarol e não torci para o Santos.

    Deixo algumas observações afliceta-fora:

    - A provocação ao time uruguaio começou ainda na apresentação das equipes, quando tocaram o hino do Brasil e deixaram o time passar um constrangedor bom tempo à espera da execução do hino uruguaio. Inconcebível para um país que vai sediar Copa do Mundo, em jogo organizado pela FIFA, saindo de uma primeira partida onde ninguém teve nada pra reclamar do tratamento recebido no Uruguai.

    - Reclamam da pernada que o cara deu e merecia vermelho. Nem discuto. Vou discutir é o fato do Neymar ter feito uma falta MUITO mais violenta, uma entrada DE SOLA na canela, que imediatamente TIROU o cara do jogo e ninguém falar NADA. Independente disso, o Peñarol continuou jogando bola.

    - Durante a transmissão, gente de bastante credibilidade como Milton Leite e Maurício Noriega a todo tempo chamava atenção para o fato de que o Peñarol jogava duro porém limpo. Ao fim do jogo, um mané santista (torcedor ou convidado, que chegou ao campo pelo túnel do Santos) entra em campo, agride um jogador do Peñarol e a porrada estanca. De uma hora pra outra os carboneros passaram de adversários briosos a ensandecidos, violentos e maus perdedores. Por causa de uma atitude de um torcedor DO SANTOS. Me respondam que time uruguaio, argentino, romeno, árabe, japonês ou BRASILEIRO não teria a MESMÍSSIMA reação, por favor.

    - Eu queria entender DE VERDADE o que Neymar fez de tão maravilhoso pra darem o crédito desse título quase que exclusivamente a ele. O Santos jogou um futebol de primeira, especialmente Ganso, Arouca (no segundo tempo), Danilo e Durval. Neymar marcou um gol e puxou marcação… ah tá. Então foi isso? Ainda tô achando pouco.

    - Muricy ia bem até disparar essa do eu merecia. Puxou pra ele um mérito que não teve a humildade de saber dividir com Marcelo Martelotte (que fez um belíssimo trabalho à frente da equipe e construiu boa parte da campanha santista na Libertadores). REPITO: o melhor técnico do Brasil tem seus méritos, sem dúvida o time tem a sua mão. Mas acho que faltou humildade ou um pouco de razão na hora da comemoração.

    Enfim, vitória e título incontestáveis. Parabéns ao Santos e aos santistas, inclusive àquele que começou a confusão. Deve estar fazendo sucesso nas rodas de amigos hoje.

    Responda a este comentário

    Douglas

    O cara ganhou, pode falar a merda que quiser. Quem conhece alguma coisa da história do mister ética (como a queda do Parreira, no SPFC) não se assusta com esse tipo de coisa.

    Ninguém é perfeito, todo mundo tem seus deslizes.

    O que assusta é o servilismo da combativa imprensa esportiva ante a série de coisas estapafúrdias cometidas por este senhor.

    Ah, se fosse o Luxemburgo.

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    Muricy é oportunista paca. mto claro isso. Mas a sociedade gosta de modelos e o Muricy já foi eleito um.

    Responda a este comentário

    Victor

    Eu queria entender DE VERDADE o que Neymar fez de tão maravilhoso pra darem o crédito desse título quase que exclusivamente a ele. O Santos jogou um futebol de primeira, especialmente Ganso, Arouca (no segundo tempo), Danilo e Durval. Neymar marcou um gol e puxou marcação… ah tá. Então foi isso? Ainda tô achando pouco.

    Eu não posso responder pela 3° pessoa do plural, mas se a pergunta fosse feita para mim (e não foi porque eu não escrevi isso), a resposta seria nessa linha.

    Neymar fez na final o que fez durante toda a Libertadores, mas em toda leia-se toda. Todos os jogos. Coisa que ele faz também em todos os jogos que participa, e participa de todos os jogos.

    Responda a este comentário

    Victor

    Algo similar ao Conca de 2010, com a ressalva que Neymar ainda tem como plus o fato de jogar em nível superior ao argentino.

    A participação do Neymar no Santos é a junção de Pet2009 com Conca2010.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Tá, me aponte uma jogada em que ele tenha sido realmente decisivo.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Hahahaha…Porra Gaburah…

    Responda a este comentário

    Gaburah

    É sério, bicho. Eu quero acreditar, hahahahahaha…

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Manda o Arouca rolar aquela bola pro Zé Eduardo pra ver o que acontece…hehehe.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Nem duvido disso, pô.

    Mas acho pouco. Se é por esse, Arouca e Ganso foram muito mais decisivos do que ele. Isso pra não falar da categoria do Danilo.

    E ninguém tá louvando os caras assim…

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Aí fico com o Victor:

    Neymar fez na final o que fez durante toda a Libertadores, mas em toda leia-se toda. Todos os jogos. Coisa que ele faz também em todos os jogos que participa, e participa de todos os jogos.

    Ganso? Quando ele foi decisivo? Nem vi…

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Pô, Serginho… a jogada que achou o Arouca foi uma deixadinha de calcanhar dele; no primeiro tempo deu uma enfiada de bola que achou Neymar sozinho e ele furou o chute; a jogada que Neymar sofreu falta na entrada da área foi passe dele…

    Vi Ganso jogar muito pra quem estava parado há 45 dias… discreto, mas organizou o meio-campo pra caramba.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Ah…Entendi, então você está querendo dizer que ele foi mais decisivo que o Neymar ONTEM? Ok…Eu discordo, mas respeito.

    Os dois foram importantes, mas quem faz um gol tende a ser mais decisivo, na minha avaliação. Claro que depende de quanto o cara jogou, o tipo de gol que fez, etc.

    Os gols de ontem foram belíssimos, finalizações raras. E os autores, pra mim, foram os protagonistas dentro de campo.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Os gols de ontem foram belíssimos, finalizações raras. E os autores, pra mim, foram os protagonistas dentro de campo.

    Perfeito. Então porque só o Neymar recebe esse crédito todo da mídia? Porque ninguém fala do golaço do Danilo, que foi muito mais foda que o do Neymar?

    Entende a minha descrença?

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Cara, falam sim. Mas o Neymar é o ídolo, é a esperança do futebol brasileiro, quer queiram ou não. Claro que vão falar mais sobre ele.

    Até pela responsabilidade, que era posta em cima do garoto. Se o Santos perde, quem você acha que seria mais cobrado, o Neymar ou o Danilo?

    Se o Botafogo fosse campeão com um gol do Loco, e um do Alessandro, pode ter certeza que o do Loco seria mais comentado também.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Pois é. Mas aí é o peso da expectativa, é o ônus de ser o queridinho da mídia e a a esperança do futebol brasileiro.

    Tudo que você disse faz todo o sentido, Serginho. Concordo plenamente.

    Só acho que a realidade não é condizente.

    Eu devo estar errado, não é possível… rsrsrs

    Responda a este comentário

    Victor

    Porque o Neymar é o cara do time, o artilheiro do time.
    É quem todo mundo espera que faça o gol.

    Quando eu jogava aqueles joguinhos do computador que você era o técnico, eu ficava puto quando quem fazia gol do meu time era o zagueiro.
    Neymar não está sendo celebrado pela final, está sendo celebrado pelo que é.

    Seria injusto a participação de Danilo ser tão celebrada quanto a de Neymar, como seria a de Ganso ser maior que a de Neymar e Arouca e como seria a de Fred2010 ser maior que a de Conca2010 ou a de Conca 2009 ser maior que a de Fred2009.

    Responda a este comentário

    Victor

    Coisa que Alex fez em 2003 pelo Cruzeiro campeão brasileiro.
    Edmundo fez em 97 campeão brasileiro mesmo com duas finais em 0×0.

    Isso para não falar de um outro jogador que além dos gols jogou também TODAS as partidas do campeonato que ganhou. Não vou dizer quem é. Só direi que diziam que era era ruim, que perdia gol, que era mula manca, que não era jogador de seleção, que não chegava aos pés dos ídolos de outrora e buá buá buá

    Responda a este comentário

    Gaburah

    A diferença é quem sem Túlio, o Botafogo não era o Botafogo. Túlio fazia gols com facilidade, o time jogava em função dele e ele correspondia.

    Não tenho a mesma certeza sobre o Neymar, haja vista a qualidade de seus companheiros, por exemplo, no jogo de ontem.

    Juro que não é má vontade, juro de verdade.

    Só continuo achando que Neymar esteve abaixo de uma série de companheiros. E por isso não entendo nem aceito esse carnaval todo que estão fazendo em cima dele.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Te digo, sem a menor dúvida, que o único jogador do elenco do Santos capaz de bater aquela bola de primeira com aquela categoria, força e precisão, era o Neymar, nenhum outro faria o gol daquele maneira.

    Gaburah, os outros jogadores do Santos reverenciam o garoto. Eles sabem…

    Responda a este comentário

    Victor

    A diferença é quem sem Túlio, o Botafogo não era o Botafogo. Túlio fazia gols com facilidade, o time jogava em função dele e ele correspondia.
    Não tenho a mesma certeza sobre o Neymar, haja vista a qualidade de seus companheiros, por exemplo, no jogo de ontem.

    E nem ter como ter, pois como ressaltei, Neymar joga todos os jogos, e nesses títulos todos esteve presente em todos os jogos em alto nível.
    Nós temos certeza que sem o Ganso, o Santos ainda é um time campeão. Não sabemos sem o Neymar.

    DISCLAIMER: Eu não estou desmerecendo o Ganso. Acho um baita jogador E que deve ser titular da Seleção Brasileira. Só que na minha escala de ordem de grandeza, Neymar >>>>>>> Ganso.

    Responda a este comentário

    Victor

    Ah sim… deve ser titular da Seleção Brasileira desde que reuna condições físicas para tal, o que é uma incógnita em sua carreira. Fred, por exemplo, por mais bola que tenha não deveria estar lá (isso para não entrar na constatação que sua atual forma não é das melhores também mesmo jogando), idem como foi com Pedrinho.

    Mas as contusões de Ganso podem ser pontuais. Observemos porque seu futebol vale crédito.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Cara, tô até com vergonha… hahahaha

    Mas não consigo traçar qualquer paralelo entre Neymar, Edmundo de 97, Alex de 2003 e o Túlio de 95.

    Pra mim esses foram decisivos de verdade, porque fizeram a diferença em campo. Fora o gol, não vi o que Neymar fez (mentira, tirou o uruguaio de campo).

    Acho pouco, entende?

    *****

    Em tempo: vitória e título incontestáveis do SANTOS. Não me entendam mal… minha cisma não é com o time, é com o destaque escolhido.

    É sempre bom deixar claro.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Se a bola entra, ao invés de bater na trave, naquele gol antológico que o garoto ia fazendo, nem assim você admitiria…Aí é implicância, não tem jeito.

    Responda a este comentário

    rafael

    Gaburah, pra mim agora tá virando implicância e/ou inveja da braba…ou vc não entende pora nenhuma de futebol.
    Mas não boto fé nessa última opção…

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Pode botar. Ou então tira a camisa e lê tudo de novo.

    A opção é sua.

    Mas aproveita: me aponte uma jogada em que ele tenha sido realmente decisivo. Eu realmente quero enxergar, palavra.

    Responda a este comentário

    Denis Mariano

    Ganso fez o único gol do combate entre Santos e América Mex.

    Responda a este comentário

  14. joel
    23/06/11 - 9:09

    time que não sabe perder do meu peixe
    apanharam na bora
    e na briga

    Responda a este comentário

  15. A Farsa da ‘Violência Uruguaia’
    23/06/11 - 9:10

    [...] Cheio de gente a fim de vender e de comprar a violência e péssimo espírito esportivo do Peñarol nesta manhã seguinte ao indiscutível título santista. [...]

  16. Wesley
    23/06/11 - 9:54

    o Penarol começo a briga, por que fiko com raiva pq não conseguiram levantaar a TAÇAAAAAA. Vai pra cima deles SANTOOS.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    ♫♫ Agora quem dá SOLA é o Santos! O Santos é o novo campeão ♫♫

    Responda a este comentário

  17. claudio
    23/06/11 - 10:02

    Que texto estranho . Dá a impressao de que Muricy é um tecnico que o Sao Paulo andou emprestando pra outros times .Fora outro pequenissimo detalhe : se os jogadores nao tivessem potencial , nao haveria tecnico que desse jeito .

    Responda a este comentário

    Douglas

    Falou tudo. Como disse o próprio Muricy:

    A vantagem é que eu escolho bem os times que vou trabalhar. Foi no Rio de Janeiro. Cheguei com desconfiança no meu trabalho e fiz o time ser campeão. Saí do Fluminense e disse antes da Copa Libertadores que era o Santos o favorito, mesmo sabendo que o meu Fluminense era um time fortíssimo. Mas o destino, você não sabe, que é maravilhoso para me colocar aqui.

    A última fala é uma das mais cínicas de 2011, merece prêmio:

    “Mas o destino, você não sabe, que é maravilhoso para me colocar aqui”

    Responda a este comentário

    Douglas

    Esqueci de linkar a fonte!

    http://esportes.terra.com.br/futebol/libertadores/2011/noticias/0,,OI5201742-EI17180,00-Muricy+culpa+destino+por+titulo+inedito+da+Libertadores.html

    Responda a este comentário

  18. joão
    23/06/11 - 10:13

    santos o caralho lugar de peixe e dentro do aquario nem peixe e o e baleia

    Responda a este comentário

    CAMILA

    corinthiano nervosinho? pq vcs sabem mto bem como afundar qndo entram no nosso aquario!!

    Responda a este comentário

    jorge

    ei camila vai toma no seu cu,será que vc não lembra do ronaldo que afundou o cú de vcs??

    Responda a este comentário

    Denis Mariano

    Não faz nem um mês que o Santos ganhou o Paulista em cima de vocês. O Corinthians não é um time ruim, mas a torcida é mediocre, extremamente ignorantes e não tem a hombridade de valorar o título do Santos (ambos títulos).

    Responda a este comentário

  19. clayton
    23/06/11 - 10:26

    ontem santos deu aula de futebol para os times brasileiros, agora seus bambis nós samos tri tambem ……..tri-campeão

    Responda a este comentário

    dagoberto

    vocês sao tri tambem, e merecidamente, mas por pouco tempo somos tri, relaxa que vai chega!

    Responda a este comentário

  20. vitoria cristina bernazani oliveira
    23/06/11 - 11:42

    que merda eu odeio o santos o neymar emtao que feio nao joga nada santos ganho de sorte eles sao us siguinos se eles sao os mais jovem do futebou vai mamar seus bebes choroes time de viado time feio vai tomar no rabo time de viados bebes e feios

    Responda a este comentário

    Douglas

    C*ralho, temos uma invasão de imbecis por aqui. Tô meio com invejinha, afinal o imbecil maior sempre fui eu! Rá!!

    Responda a este comentário

    Jorge Caldas

    Se te consideras um imbecil, um alento pra mostrar q és superior a eles: tu escreves corretamente, na medida do possível… hehehe

    Responda a este comentário

  21. Serginho Valente
    23/06/11 - 13:55

    Sobre o óbvio título santista:

    Não vou perder tempo falando de quanto o Neymar é craque. Vou perder meu tempo falando de quanto o garoto é querido pelos companheiros de time e de seleção. Sempre me chama atenção o comportamento dos outros com ele, depois de toda aquela história do Dorival.

    Dorival que foi injusto quando brigou com o craque, para que Marcel, que depois viria a agredir um companheiro de time amarrado, batesse um pênalti. E que insistiu numa punição maior do que a necessária, que prejudicaria o próprio clube. De quanto o Renê Simões também foi injusto ao chamá-lo de monstro. Um garoto que aparenta ter respeito aos seus pais, que parecem estar sempre presentes na vida do filho.

    Dois técnicos medianos, que ainda precisam confirmar seus talentos, que não sabem gerenciar grandes jogadores. Grandes jogadores como esse moleque aí de 20 anos.

    E sobre Muricy…Os cães ladram, e o cara leva as taças, quase todas. Chegam a ser engraçadas as tentativas em diminuir o trabalho excelente dele.

    Aí me lembro novamente do festejado Dorival, que se fosse Muricy, seria multicampeão Brasileiro, da Libertadores….Mas não é, Dorival ganhou uma Copa do Brasil com esse Santos campeão da América, e um Brasileirão da 2ª Divisão…E ele que é o bom…

    Responda a este comentário

    Douglas

    Eu reconheço Muricy como vencedor. Seus times são competitivos, não há dúvida. Competitivo é eufemismo para jogo feio e eficiente.

    É tudo uma questão de ponto de vista.

    Ser vencedor, não significa que não possa achar seus conceitos sobre futebol um grande, colossal, gigantesca merda. Ponto.

    É questão de ponto de vista e gosto.

    No basquete, tem quem goste do estilo estadunidense, ofensivo. Há quem goste dos campeonatos europeus e finais com o incríveis placares de 49 a 20, 36 a 15, por exemplo.

    Acontece o mesmo no caso de futebol. Ou você gosta de futebol ou do Muricy (no caso, vencer é o que mais importa – não é essa a razão do esporte, afinal?)

    Responda a este comentário

  22. Maicon leite
    23/06/11 - 14:12

    é nóis meninos da vila… agora é só administrar pro mundial!

    Responda a este comentário

  23. andrea
    23/06/11 - 16:48

    È muito feio ter inveja do grande time SANTISTA..NEYMAR o Craque
    Esses corintianos só tem dor de cotovelo
    Isso não nos atinge
    VAI PRA CIMA DELES SANTOSSSSS
    É TRI CAMPEÃO

    Responda a este comentário

  24. Glauco
    23/06/11 - 18:26

    O Santos ganha de uruguaios desde 1931, ontem foi só mais um, rs. Curioso é que, quando Muricy adota posturas mais precavidas fora de casa, como fez na primeira partida da decisão(em que teve quatro desfalques, três na defesa), ele é “retranqueiro”. Mas um time vir jogar uma peleja decisiva como fez o Peñarol ontem, um ferrolho incrível que mal finalizou durante os 90 minutos (principalmente nos primeiros 45) aí é exemplo de “raça”, “garra”, “entrega” e quetais. O Santos jogou futebol, o Peñarol quis jogar outra coisa, querendo levar a partida para os pênaltis. Um poste no lugar do Zé Eduardo teria resolvido a fatura mais cedo(alguém viu o Kléber Pereira por aí?).

    Ganso dá fluência no meio de campo, mas foi Neymar quem decidiu. Como vem fazendo há tempos.

    Responda a este comentário

    Bender

    Show de bola o comentário Glauco.
    E ontem o Peñarol não fez nenhum gol, o Santos fez 3.

    Responda a este comentário

  25. FelipiM
    23/06/11 - 20:38

    Santos é o melhor time do brasil, e num foi sorte nem nada ter sido campeão da libertadores..

    Responda a este comentário

  26. ANDRE
    24/06/11 - 9:43

    DALE SANTOS, VAI PRA CIMA DELES SANTOS… MELHOR TIME DO BRASIL SEMPRE… CARIOCAS, FIQUEM NA SUA, VCS NUNCA FIZERAM HISTORIA… CURINTIANUS, SEM COMENTARIO PRA VCS… BAMBIS, UI UI!!! SANTOS CAMPEÃO LIBERTADORES DA AMÉRICA, RUMO A TÓQUIO!!! VAMO SANTOSSSSS!!!!!!!

    Responda a este comentário

  27. ANDRE
    24/06/11 - 9:46

    É CADA COMENTÁRIO RIDÍCULO QUE EU VEJO AQUI CRITICANTO TÉCNICO E O TIME DO SANTOS… VEJAM E ANALISAM SEUS PRÓPRIOS TIMES E FIQUEM COM INVEJA SEUS MALUCOS, SANTOS É E SEMPRE FOI O MELHOR TIME DA HISTÓRIA!!!!!!!!!

    Responda a este comentário

  28. Lucho
    24/06/11 - 16:14

    Pois é. Foram 18 anos sem ganhar nada. Porém, depois.

    Quatro campeonatos paulistas, dois campeonatos brasileiros, uma copa do Brasil e uma Libertadores. Quem é que vive de passado mesmo?

    Responda a este comentário

  29. iury
    27/06/11 - 13:19

    santos ja e bom eo neymar chegou o neymar chegou eo paulo henrique ganso o santos ficou melhor a inda

    Responda a este comentário

  30. marcos
    15/07/11 - 17:13

    Os caras não entendem nada de futebol, tendo bons jogadores no meio, sendo um deles rápido(Arouca, e o Neymar voando, é uma ótima estratégia atrair o time para o seu campo de defesa e sair com o contra ataque rápido, principalmente fora de casa onde se sabe que esses times vem com tudo pra cima, e foi o que o Santos fez, óbvio que poderia marcar a saída e sufocar o adversário, mas perderia o contra ataque.

    Responda a este comentário

Deixe seu comentário