Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

Copa do Mundo Brasil 2014 – Estratégias e resultados dentro e fora de campo

July 11th, 2014 por | 35 Comentarios | Categorias: Copa 2014, Estrutura, Futebol, Marketing & Publicidade, Números

Por Rafael Ramos Abrahão e Matheus Ferreira Caldas*

O evento futebolístico mais popular do mundo está prestes a terminar e, com toda a movimentação que teve início muito antes do apito inicial, as empresas, que se prepararam para maior visibilidade no país do futebol, começam a colher frutos de seus investimentos. Os resultados começam a aparecer, o que demonstra que o evento está sendo um sucesso, ao menos neste aspecto.

As principais empresas de material esportivo, Nike e Adidas, travaram uma árdua batalha para conquistar seus espaços, seja trabalhando diretamente com as seleções, seja atingindo os torcedores que se espalham por todo país através de vários tipos de mídia.

Tem-se que, dentro das quatro linhas, a empresa Adidas levou a melhor, uma vez que as seleções finalistas, a Alemanha e Argentina, são patrocinadas pela empresa, enquanto a Nike é patrocinadora das seleções do Brasil e Holanda, que disputam a terceira colocação no Mundial.

Até onde isso reflete uma estratégia das empresas? As marcas de produtos esportivos buscam, com toda certeza, ligar seus nomes às seleções e jogadores mais vencedores do Mundo. O que deve-se perguntar é: existe um real estudo sobre as potencialidades esportivas dessas equipes e quanto isto influencia no momento de definição de patrocínio?

E mais: é possível que tais empresas tenham estudado o futuro destas seleções através de pesquisa em categorias de base e verificação de trabalhos que vêm sendo feitos por cada país?

Fora das quatro linhas, conforme publicado no jornal Valor Econômico em 11/07/2014, até o presente momento, a empresa Adidas havia vendido a estratosférica amonta de 14 milhões de “Brazucas”, a bola oficial da competição, e faturado a quantia de 2 bilhões de euros com todos os produtos, 500 milhões de euros a mais do que na copa anterior.

Os representantes das marcas entendem o momento especial. “A Nike veste a seleção brasileira, e consequentemente, vai receber uma atenção especial desta vez”, afirma Olaf Markhoff, porta-voz da empresa americana.

Já Lars Mangels, porta-voz da Adidas, deixa claro a importância da Copa de 2014: “O Mundial é muito importante para nós e vamos usar o evento para chamar atenção em todo o mundo com nossos produtos, campanhas, atletas e times”.

Ressalte-se também que a internet e as redes sociais têm fundamental importância na disputa comercial destes gigantes. E, neste quesito, a vitória da Nike é esmagadora: até o momento, o vídeo “Winner Stays” atingiu mais de 86 milhões de visualizações. Já a Adidas, com seu vídeo “Messi’s Dream”, atingiu pouco mais de 38 milhões de visualizações.

Já nas redes sociais diversas, o vídeo da Nike foi compartilhado por mais de 1,3 milhões de usuários, e o da Adidas, por menos de 300 mil.

Assim, ainda que existam opiniões contrárias, pode-se claramente dizer que, para muitos, a Copa do Mundo Brasil 2014 está sendo um verdadeiro sucesso. Dentro de campo, as melhores campanhas foram premiadas, com grandes jogos na primeira fase e, posteriormente, a inexistência de surpresas nas fases finais.

Do ponto de vista do mercado, tal sucesso é ainda maior. Os recordes de audiência e os valores movimentados até o momento pelas empresas aqui citadas já demonstram o êxito nas estratégias adotadas. Ressalte-se que o real lucro só será apresentado num futuro próximo. Independente de quem vença a Copa do Mundo no próximo domingo, o mercado agradece.

****

* Rafael Ramos Abrahão é advogado da Advocacia Procópio de Carvalho. Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Belo Horizonte, é especializado em Direito Empresarial e Trabalhista.

Matheus Ferreira Caldas é advogado da Advocacia Procópio de Carvalho. Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Belo Horizonte, é especializado em Direito Empresarial e Cível e pós-graduando em Direito Corporativo pelo IBMEC.

35 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

#VaiTerCopaSim – FINALÍSSIMA! #COPADASCOPAS

July 10th, 2014 por | 76 Comentarios | Categorias: Copa 2014, Copa do Mundo

Decisão do Terceirão:

Brasil X Holanda

Decisão do PICA DAS GALÁXIAS:

ALEMANHA X ARGENTINA

Brazuca-final-Rio-Bola-da-decisão-da-Copa-do-Mundo-2014-5

76 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

Brasil x Alemanha: o dia depois do fim…

July 9th, 2014 por | 37 Comentarios | Categorias: Copa 2014

Histórico.

Surpreendente? Não. Fatalidade? Não!

Ainda tento enquadrar o jogo de ontem dentro de uma escala.

  • Perder pra Alemanha: chato
  • Perder pra Alemanha em copa: triste
  • Perder pra Alemanha de goleada em copa: muito triste
  • Perder pra Alemanha de goleada histórica em copa em casa… sei lá o que é isso.

O bate papo que tratou disso foi ao ar ontem, com muita dificuldade com a tecnologia (coisa de alemães e americanos), mas foi.

 

 

Resolveram jogar pelo Neymar… Talvez os alemães tenham resolvido jogar pelo Schummy…

A mística dos 24 anos para os BIG 3 será confirmada? O Brasil, infelizmente, é o único BIG 3 que nunca copou em casa…

37 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

Duas Breves Histórias Sobre os 7×1

July 9th, 2014 por | 56 Comentarios | Categorias: Copa 2014

Era uma vez um jogador do grande Clube de Regatas Vasco da Gama, seu nome era Matheus Índio.

Frequentador assíduo das seleções brasileiras de base, Matheus Índio entrou na justiça para deixar o grande Vasco, e assinar com o HORTOLÂNDIA.

———–

Era uma vez o Botafogo, clube histórico que mais cedeu jogadores à Seleção Brasileira em Copas.

O histórico Botafogo, tem 100% DAS SUAS RECEITAS PENHORADAS, pelo Governo Federal.

 

 

 

56 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

Semifinais dos colonizadores

July 6th, 2014 por | 2 Comentarios | Categorias: Copa 2014, Zueira

Por Bart Rabelo, no Facebook

Os países que estão disputando as semi-finais da Copa representam de certa forma a colonização do Brasil.

Os alemães do sul do país, os holandeses do nordeste brasileiro e os argentinos das praias de Búzios.

Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

O ídolo próximo

July 6th, 2014 por | 6 Comentarios | Categorias: Fluminense

A galera na arquibancada vai sentir falta daquele ídolo tão presente na vida do clube, mas o Fluminense Celestial está fortíssimo com o Casal 20 novamente junto. Telê vai dar um jeito de encaixar a dupla com Super Ézio no ataque.

Casal 20

Por Marcelão, no Facebook

O Assis era o ídolo mais próximo da galera que já vi. Cansei de encontrar no maraca… um dos poucos que me fez passar pelo papel de “tiete”.

Voltando dos EUA logo depois que o Flu ganhou do Palmeiras em 2012, encontrei o Carrasco no aeroporto e gritei la do outro lado do saguão:

“ASSISSSSS , É TETRA CARALHOOOO”

Ele sempre simpático olhou pro maluco que gritava o nome dele e acenou.

Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

Paz nos estádios

July 6th, 2014 por | 24 Comentarios | Categorias: Copa 2014

Lembrança aos colegas de torcida que é muito “sem noção” ir a estádio em evento internacional para cultuar clube de futebol.

24 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

COPA DO MUNDO – SEMIFINAIS

July 5th, 2014 por | 201 Comentarios | Categorias: Copa 2014

Depois do épico Holanda 0 x 0 Costa Rica, onde os Ticos resistiram até o minuto 119, quando Tim Krul entrou e colocou fim na parada ali mesmo, veio-me uma convicção sobre essas semifinais.

(Aliás, Costa Rica campeã MORAL desde já, pois o nível de COJONUDEZ – e também de felicidade, segundo alguns sociólogos – tem a ver com a expectativa criada no início e o resultado final, e nisso ninguém superou a equipe de Jorge Luis Pinto. E foi penal em cima de Campbell.)

Fiquei com raiva da Holanda. Não descarto uma torcida pela ARGENTINA na semifinal.

Porra, tem Brasil x Alemanha de um lado. Argentina, com 2 finais contra a Alemanha. QUEM É HOLANDA? É hora de ser macho e pensar:

1) Brasil sai prá Alemanha e eles derrotam os argentinos pela TERCEIRA vez seguida, consagram seu TETRA, reforçam o BIG THREE e fazem jus à mística dos 24 anos

2) Brasil faz o jogo do milênio contra a Argentina e vai de ALL IN. Ou vence e subjulga o rival pelo resto da história, ou sofrerá piadinhas PRO RESTO DA EXISTÊNCIA HUMANA.

Quem é Holanda nesse contexto? Nada.

O JOGO DO MILÊNIO prestes a acontecer, o jogo dos SEIS MUNDIAIS como alternativa a isso e vcs me vêm com Holanda?

1930 = Uruguay x Argentina
1950= Brasil x Uruguay
2014 = O MUNDO PEDE o fim do triangular-copero-platino-americano-libertador-fodão

Brasil x Argentina numa final = O RESTO DA EXISTÊNCIA HUMANA EM JOGO. É um jogo tão foda que a Copa deveria ACABAR depois dele. Começou com final sulamericana, acaba com final sulamericana também.

Ou teremos a consagração germânica, com 4 títulos e OITO FINAIS, a única força futebolera capaz de fazer frente a um clássico na final, como segunda força mundial indiscutível.

Só a Argentina tem a ganhar com tal clássico? Não. Ela é o azarão mesmo, mas o ALL IN brasileiro seria premiado. Em caso de vitória canarinho, o Brasil dará o CHUTE DO LEÔNIDAS NO NEGÃO DA PÉRSIA EM 300 no rival.

Que venham os jogos, pois o ano está prestes a acabar.

201 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

Crueldade Suprema de Van Gaal

July 5th, 2014 por | 21 Comentarios | Categorias: Copa 2014

Van Gaal deixou acreditarem que o Voodoo iria derrotar o gigante. De picardia permitiu que o Mundo se ouriçasse pela Costa Rica supostamente em melhores condições psicológicas para uma disputa de pênaltis.

Hahahahahahahahahahahahahahahahahaha

Quem treina um goleiro exclusivamente para uma disputa de penais deve ter muitas cartas na manga para competir contra os bárbaros e seus Mind Games Lixortadores, cartinhas, música na TV ou palestras motivacionais.

Van Gaal sabia que os pênaltis não eram da Costa Rica. Holandeses sabiam que o empate era deles. De sacanagem, resolveram deixar os bárbaros do resto do Mundo saber que os empates são deles. Cassiu Clay na veia.

A Civilização segue passagem para a semifinal.

Estágio superior de evolução

Estágio superior de evolução

21 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

O Marieta como ele é

July 5th, 2014 por | 1 Comentario | Categorias: Blablagolianos

Quase duas décadas de pelada geraldina transmutando-se na pelada marieta. O texto hilário é perfeito na tradução do que é aquela zona lá. Quem já frequentou o racha é testemunha incondicional.

Por Sergio Pugliese, no Globo

A Copa do Marieta

A Copa do Marieta

Bancada pelos peladeiros das manhãs de sábado, a reforma da arena Marieta Futebol Clube, o Marietão, em Santa Rosa, Niterói, terminou no prazo e sem qualquer indício de superfaturamento. Manifestações só pela liberação da cerveja, na Copa do Marieta. Se o problema era esse, os líderes Bruno e Fábio Malta, o Fabinho, governantes populistas, lotaram o freezer de geladas! O próximo passo, sorteio dos grupos e a divisão equilibrada dos atletas das quatro seleções, Alemanha, Holanda, Espanha e Itália. O árbitro entraria na onda tecnológica e teria uma câmera acoplada à testa para flagrar os bolas murchas e os cheias. Nossa equipe foi convidada para avaliar a organização do campeonato, que terminaria no mesmo dia. Fomos, claro! Nenhum problema nos acessos, mas na chegada ao estádio, às 8h, um atleta holandês, estragado, suava álcool, prostrado numa cadeira.

– Precisa de ajuda? – perguntou Daniel Oliveira, nosso fotógrafo e fiscal da Lei Seca nas horas vagas.

– Não esquenta, é o Luiz Otávio, nosso Adriano Imperador, e veio direto da noitada – tranquilizou o artilheiro Alan, companheiro de equipe.

Aos poucos os atletas foram chegando e as seleções formando-se. O presidente Bruno, da Espanha, explicou a ausência de Brasil e Argentina: evitar rivalidade e facilitar a vida de Marcelo Lapa, o árbitro, que, precavido, levou a namorada Marcela Morales, advogada, para processar quem o ofendesse, ou a mãe. As mulheres, por sinal, marcaram presença e logo ganharam tarefas. Patrícia, mulher de André, virou mesária, Lorena, esposa de Bruno, marcou o tempo, Mariana Costa, namorada de Glauco, fotografou, e Cristina, mulher de Jorge, Márcia Maia, de Manolo, Ana Paula, de Victor, Marina, de Rodrigo Espinoza, o Zarga, e Samantha, de Henrique, comandaram a creche, lotada de pimpolhos: Lucas, Sophia, Matheus, Luiza…

– Esse meninão já se vira sozinho – brincou o “alemão” Jorge, de 52 anos, veterano da turma, abraçado ao filho “italiano” Caio, de 27, caçula do grupo.

O goleiro Marcelão trouxe o arroz, Glauco lustrou o freezer, o personal trainer Jesus, saúde é o que interessa, acordou Adriano Imperador, que pediu uma gelada para hidratar-se. Os professores de Educação Física, Emerson, Alan, Bruno, Luisinho, Patrícia, Marcelo Lapa e Igor Saramago tentaram demovê-lo em vão. Wanderson, Leandro Sheik, Eduardo, Fael, Guto, Adriano, Caio, Lucas, Leo e Flavinho aqueciam. O Marietão veio abaixo quando Saulo, figuraça, chegou: “Ê, ô, ê, ô, o Saulotelli é o terror!!!!”. Robingson, fones no ouvido, pinta de artista, contrastava com a humildade do verdadeiro astro, Flavio, o Samuel Tarantino Rosa, mistura de cantor, cineasta e peladeiro.

– Essa pelada é inspiração para qualquer diretor de cinema – comentou Victor, do blog Blá Blá Gol.

E a Copa começou!!!! Teve de tudo!!! O “alemão” Miguel, que só joga descalço, ganhou o apelido de Pédolski, o goleiro Marcelão foi expulso, Guto entrou duro em Wanderson e Jesus, quem diria, simulava faltas tentando enganar o próximo. Bira, pai de Glauco, cornetava e o “alemão” Rodrigo Zarga, irritado com a desclassificação, bicou uma cadeira e quebrou o pé. Se fosse Miguel “pé de aço” certamente a cadeira teria virado pó. Foi zoado, claro, e a dor terminou em gelada! Pena o craque da galera, Rocha, estar em São Paulo.

– Essa Copa é o retrato de nossa amizade – orgulhou-se Fabinho, eterno presidente.

Amigos do futsal no Abel La Salle, passaram pelo Peixotão, em Pendotiba, e estacionaram no Marieta. Nada é capaz de desgrudá-los. Reunirem-se aos sábados pela manhã é religioso. Aquele cantinho em Santa Rosa é a extensão da família. Ganham, perdem, zoam. E a decisão da Copa?? Mero detalhe, mas deu Espanha, com show de André! A amada e mesária Patrícia perdeu a conta de quantos gols e coraçõezinhos apaixonados ganhou. E no final, alemães, holandeses, espanhóis e italianos comemoraram mais uma antológica resenha.

Família Marieta

Família Marieta

Comentario Enviar por e-mail Enviar por e-mail