Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

Leo Moura, de novo

September 23rd, 2010 por | Categorias: Campeonato Brasileiro 2010, Flamengo, Grêmio.

Cada um com seu ídolo

Leo Moura, lateral-direito do Flamengo, foi o destaque do time no empate ontem de 2 a 2 com o Grêmio no Olímpico. Como foi o destaque no último jogo – FlaFlu – como foi destaque ano passado e nos últimos 5 anos.

Ontem na transmissão do jogo, falaram do tempo que o lateral está no Flamengo citando a quantidade de jogos, 295. Vou além. São pouco menos de 300 jogos jogados quase sempre em bom nível. Como o período de análise é grande há oscilação, houve baixas e picos, momentos de pereba, mas que foram bem superados pelos momentos de craque.

Chama a atenção a regularidade. Leo Moura tem apresentado bom futebol durante bom tempo, numa posição muito exigida. É normal escutarmos que “no futebol de hoje, é preciso ter bons laterais”. Concordo em parte – é muito importante, mas não é somente isso.

Uma comparação válida é o caso do atual lateral-esquerdo do Flamengo, Rodrigo Alvim. Recentemente, jogou de cabeça-de-área pelo time, onde não nota-se tanto. Fica misturado naquele bolo do meio campo com a galera da contenção. Agora, voltando à sua posição, a lateral, sua ruindade sobressai mais.

Leo Moura costuma armar as jogadas de ataque do Flamengo, seja pela lateral ou pelo meio, e serve seus companheiros. Ontem foi assim, passes para ambos os gols. Aliás, tem sido assim. Leo é a válvula de escape do time – ainda mais em tempos que é raro um jogador no Flamengo estar em forma (alguém consegue me explicar isso?)

Não o vejo como selecionável pela sua idade, terá 35 anos em 2014 (se bem que Cafú…), mas tem bola para estar lá. Se Leo Moura brindar os rubro-negros com mais alguns anos desse futebol que tem mostrado, meu conterrâneo irá satisfazer ainda mais a nação.

Inscreva seu e-mail e confirme pelo link eviado para receber novos artigos do Blá blá Gol.

20 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

20 Comentários para “Leo Moura, de novo”

  1. Macedus
    23/09/10 - 14:45

    Dentro desse time “capenga” do Flamengo o LM realmente vem se superando em 2010, mas tenho resalvas sobre ele e ja ví muito jogo dele onde se escondeu na maior cara de pau.

    Tem muito futebol mas vez por outra tira o pé em uma dividida, tudo bem que a sua “musculatura de canário belga” não ajuda muito, mas poderia ser melhor.

    Esta velho para a lateral, por isso as vezes não aguenta muito, foi testado no meio criando pelo Cuca no carioca do ano passado e rendeu bem, se o Flamengo descolasse um reserva bom para ele poderia repetir sua escalação no meio.

    Mas ontem foi realmente o melhor do Fla no jogo (ainda bem que esta no meu cartola rs).

    Agora esta zaga ta de doer.

    SRN

    Responda a este comentário

    Bender

    Eu já vi muito jogo onde todo o time do Flamengo sumiu.
    Como vc mesmo disse, Leo Moura não tem porte para entrar em todas as disputas de bola (no corpo vai perder), mas canso de ver o cara marcando e dando carrinho quando necessário.
    Ele, Lomba e Willians são os únicos que estão aguentando jogar os 90 minutos, 3 em 11. O Leo deve jogar exatamente na posição que está. Quando vai pelo meio é devido às circunstâncias do jogo – ou até mesmo de determinada jogada.

    Essa zaga tá foda. Parar de levar gol de escanteio já seria uma enorme evolução.

    Responda a este comentário

  2. Serginho Valente
    23/09/10 - 14:51

    Léo Moura é um bostão, que de vez em quando tem boas fases. Parecido com o Juan, que consegue ser pior ainda.

    Os laterais do Flamengo tem o mérito de serem titulares anos a fio de um clube como o Flamengo sem serem incomodados. Impressionante.

    Que fiquem lá pra sempre.

    Responda a este comentário

    Saulo

    Serginho beira às vezes ao ridículo com seus comentários raivosos típico de chefe fanático de torcida organizada. O fato do Léo Moura ser um grande lateral e jogar no maior rival do seu time do coração, pode explicar todo esse rancor. Os mesmos elogios faria se fosse de qualquer outra equipe. Eu mesmo elogiei a qualidade técnica dos jogadores contratados pelo Vasco, nem por isso vou dizer que fulano ou cicrano é um “bostão”. Se todo mundo se comporta-se dessa maneira, não existiria comentários pertinentes e nem o Blablagol.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Um bostão defendendo outro. Se Léo Moura é um grande lateral, Cafu deve ser um deus, ou algo parecido, por exemplo.

    Responda a este comentário

    Bender

    [01] e [02]

    Maneiro. Pra responder ao Serginho é só copiar e colar.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Flamenguista é assim mesmo, quando eu falo do Pet aqui ficam quietinhos, porque eu elogio. Mas é só meter o malho num merda qualquer com a camisa rubro-negra que começa a palhaçada. Ficam quietos também quando meto malho em jogadores do meu time, e do time dos outros…normal.

    Mas ótimo. Que ele fique lá pra sempre, jogando bem um ou outro jogo e mal o resto todo.

    Responda a este comentário

    Bender

    Seu dodói, quando vc fala o óbvio (i.e., Pet é craque e o Amaral é uma merda) não há o que falar.
    Quando vc fala merda (o que é constante), alguns ainda tentam (eu inclusive), mas é complicado segurar a gargalhada.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    É um baita elogio você e o Saulo acharem que eu falo merda. Muito obrigado!
    Não segura não, rir é muito bom.

    Responda a este comentário

    Bender

    Pode deixar, da próxima vez que vc mandar que 2 mais 2 são 4, eu faço algum comentário.

    Responda a este comentário

    Bender

    HUAhUAHuhhau AhuhauhU AhuHAuHUAh UHAUh UAHu HAUhUAhUAHu Huhuahua

    Responda a este comentário

  3. Gaburah
    23/09/10 - 15:13

    Sempre é válido reverenciar seus ídolos.

    Torço pelo sucesso do Léo Moura, jogador revelado pelo Botafogo. Que consiga ser feliz e um dia ir jogar na Europa, sonho antigo de todos.

    Responda a este comentário

  4. Victor
    23/09/10 - 15:17

    Apesar de parecer retardado, muito bom jogador.
    Nem digo que teve assim grandes momentos de craque. Tanto que não acho nenhum disparate que não tenha atingido a Seleção (até foi convocado, mas não fez nem marola), mas acho que conseguiu jogar muito tempo no “bom”.

    Acho que pesou em favor dele ser um pouco supervalorizado no início do Flamengo, porque ele vinha mal de outros times. Mas aí foi bem e entendo que ele foi protagonista no vencedor time do Fla nos últimos anos.

    Jogou 295, quase 300, e foi votado por Gerson como o melhor do jogo em 305.

    Responda a este comentário

    Alexandre N.

    305 antes ou depois de Cristo? rs…

    Responda a este comentário

    Bender

    Hahaha… canhota tá igual ao Serginho, quanto mais velho, mais engraçado!

    Responda a este comentário

  5. Silas caiu
    4/10/10 - 18:22

    [...] (10 jogos) conquistou 9 (1 vitória sobre o lanterna aos 46 minutos com gol chorado do Toró, 6 empates e 3 [...]

  6. Bender
    8/10/10 - 15:17

    Para registro
    300 JOGOS

    Responda a este comentário

  7. Alagoas rubro-negra
    17/02/11 - 0:15

    [...] escrete, a qualidade individual que possui o carioca rubro-negro. E na hora do desafogo, Leo Moura, apenas para variar, surgiu como solução. Com suas manjadas e eficientes subidas pela ponta direita abriu o caminho [...]

  8. Flamengo Campeão Taça GB 2011
    28/02/11 - 0:08

    [...] mas dessa vez o novo xodó não foi muito efetivo. Destaque para o incansável TN7, o consistente Leo Moura e a bela cobrança de falta do [...]

  9. Bender
    26/07/11 - 17:18

    Com quase três anos, a filha de Léo Moura já tem dado “trabalho” ao pai. Durante visita da reportagem do “Tá na Área” à casa do lateral do Flamengo, Isabella e o jogador mostraram que têm uma ótima relação de pai e filha. Mas, ao ser perguntada quem era o seu amor, a menina respondeu rapidamente:

    - Ronaldinho.

    http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2011/07/na-casa-de-leo-moura-o-craque-do-coracao-da-filha-do-lateral-e-outro.html

    Responda a este comentário

Deixe seu comentário