Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

E de onde tiraram que o Telecoteco é animador de auditório?

June 24th, 2012 por | Categorias: Eurocopa 2012.

Depois de uma sexta-feira com Papai Noel, aproveitei momentos de Espanha 2×0 França para cochilos revigorantes. Acompanhando posteriormente, a tônica da crônica esportiva deu conta de uma chata partida de futebol. Triste de quem tem uma crônica dessas.

Deveria ter ido de Carlsberg. A outra é UCL

Este é o Telecoteco. Aquele estilo que no fim da Copa de 2010 e do Mundial de Clubes de 2011 deveria ser seguido por 10 entre 10 times brasileiros. Coisa refinada e vencedora. Mais dois jogos iguais com sucesso da Espanha e leremos por aí que a Seleção Brasileira terá de retomar para si a propriedade do verdadeiro futebol brasileiro.

Mesmo eu que sou HATER do Telecoteco defendo veementemente a opção espanhola. Um jogo da Espanha ou Barcelona sempre será bonito de se ver enquanto jogarem o Telecoteco e decepcionante se diferente for, assim como é um deleite assistir a Suíça em Copas do Mundo. Não é questão de plasticidade e sim filosofia.

Por filosofia mesmo que não concebe a Seleção Brasileira jogando de outra forma que não contemple vagarosa e soberana troca de passes incluindo seus zagueiros virando jogo de um lado para o outro com paciência infinita à partir de sua intermediária. Partindo desta postura grandiloquente de domar as ações que os atacantes encontrem seu jeito de vencer zagas adversárias.

A crônica admiradora de artes plásticas, por sua vez, visite uma exposição ou migre para showbol, futebol de salão ou de praia. Futebol de verdade é Espanha Telecoteco avançando embalando cochilos de marmanjo com ressaca.

Inscreva seu e-mail e confirme pelo link eviado para receber novos artigos do Blá blá Gol.

16 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

16 Comentários para “E de onde tiraram que o Telecoteco é animador de auditório?”

  1. Matheus
    25/06/12 - 0:47

    “Xavi, Busquets, Xabi Alonso, Busquets, Iniesta, Xabi Alonso, Sérgio Ramos, Xavi, Casillas, Xabi Alonso…”

    Enquanto isso, eu tirava o atraso de uma noite mal dormida.

    É vencedor e faz jus a filosofia dos caras. Eu torço pra perder com um gol espírita de Benzema, no caso.

    Responda a este comentário

  2. rafael botafoguense
    25/06/12 - 1:02

    Agora que nego tá começando a haterizar a Espanha Victor dobra a esquina (embora não dê meia-volta), haha!

    Espanha do telecoteco pode ser a 1ª bi consecutiva da história da Euro e se igualar aos teutônicos no topo do ranking de conquistas com 3 copas. Bizarro isso. Até outro dia era “jugamos como nunca e perdimos como siempre”. Filosofia coperaça! Chupa, ferrolho!

    Cochilei também.

    Responda a este comentário

  3. André
    25/06/12 - 8:59

    Desde guri, eu sempre pensei: se eu fosse técnico, eu tentaria ficar com a bola o tempo todo. com a bola, vc nao toma gol. e pode fazer gol. é ofensivo e defensivo ao mesmo tempo.

    Durante alguns atrás, um primo meu, guri, daqui de SP, ia passar o recesso dos pais (natal+reveillon) em vitória em nossa casa. Sempre levava o video-game. primeiro era PS2, depois virou PS3, depois virou um monte de nome esquisito que nao sei qual é atualmente.

    é impossível vencer um moleque desses nessa porra. eu usava basicamente duas armas: telecoteco (jogando com Inter de Milão) e terror psicológico absurdo durante o jogo! Jogávamos 10, 15 partidas, vai lá, eu vencia umas 3. mas eram marcantes. normalmente eram as que eu botava o maior terror. tipo, a primeira e a última da série.

    obsevei que ao telecotear, o time vai todo avançando… e vc tem cada vez mais opções de jogada. e permanecendo com a bola, sempre. nada de fazer um lançamento idiota com risco de perder a bola. numa dessas sequencias, meti umas 5 vitorias seguidas no moleque que, desesperado, começou a trocar de time… toda hora. aí o terror piscológico se agigantou.

    No fim, ele pegou a manha e eu me fu. Sem sacanagem, se tivessem filmado meu jogo, seria isso aí de hoje.

    O que ocorre é que invariavelmente, eu acho o estilo Parreira muito mais refinado do que o estilo espanhol-barça atual e não vejo nenhuma novidade numa coisa tão óbvia como essa, que é ficar com a porra da bola.

    As vezes, vendo o gigante da colina, vejo o cara com a bola… e falo: “calma filha da puta, recomeça, sem correr riscos desnecessários.” e meu pai esbraveja: “esse merda só toca de lado”. outro verbo que uso muito é “cadenciar”. porra, em jogo contra “gambá-corrida de 100 m rasos”, cadenciar é o caminho. tirar a velocidade, dar o refino no jogo.

    O telecoteco de barça e espanha, as vezes é chato. porque parece jogo de 2 toques. tem que tocar. e fica igual qdo vc pega o ps e fica apertando passe direto. é feio. é exagerado.

    por fim, digo que me amarro na cadencia, no toque de bola, na posse de bola e no refinamento do jogo. acho que parreira tem essa filosofia. as vezes conegue implantar e outras não. mas sem dúvida, acho o estilo parreira, exatamente o telecoteco espanhol MUITO MAIS refinado e bonito.

    O chato do telecoteco espanhol

    Responda a este comentário

    André

    outra coisa: goleiro tem que sair jogando com a zaga/laterais. chutão é uma desgraça. só se realmente puder virar um lançamento perigoso. fora isso, esquece.

    sábado, vi o bizonho fernando prass dar um bico na bola, o lateral se matou pra dominar a bola. dominou para o adversário. cruzeiro meteu o gol nessa jogada. parei de ver o jogo e fui ver outra coisa, pois acredito que esse tipo de coisa pode ser trabalhada, conversada, pelo treinador. e vendo uma bizarrice daquela, vi que falta MUITO ao vasco. perdi o interesse e joguei a toalha.

    Responda a este comentário

  4. Victor
    25/06/12 - 12:46


    Será que um dia as pessoas conseguirão diferenciar “jogar futebol” de “jogar bonito”?


    Auto-crítica?

    Responda a este comentário

    Victor

    Vou criar mais uma pendência para mim.
    Um post de fazer corar muito corneteiro da Copa de 90. Se tiverem humildade derrubarão o Rei quando eu der o Mate.

    Responda a este comentário

    André

    Coloque apenas o tape de Brasil e Argentina. Mais nada. e deixem falar.

    Responda a este comentário

    André

    aliás, ta aqui: http://www.youtube.com/watch?v=RLSGSAv8heg

    Lembrando: 3 bolas na trave

    Responda a este comentário

    André

    Com Osmar Santos, pela Manchete.

    Responda a este comentário

    Victor

    Digo da Copa como um todo.
    Esse jogo merecerá um entre vírgulas, mas é a odiada Copa como um todo.

    Responda a este comentário

    Bender

    Minha 2ª Copa. Era novo mas curti.
    A Copa do Lothar Matheus e Goycochea. Tinha até um atacante (meu time de botão) que era o “Klismann”, pois o Matheus era tipo um líbero.
    Depois da desclassificação nas oitavas, torci por Camarões de Roger Milla.
    Foda é que sempre desconfiei de Careca e Muller, ainda mais com Romário, Bebeto, Renato preteridos. Mas já escutei um papo que estavam contundidos…

    Responda a este comentário

  5. Bender
    25/06/12 - 16:00

    É eficiente na sua forma de jogar. Os caras jogam assim. Isso é problema do adversário.
    O Corinthians do Tite tem outra forma de ser eficiente. Futebol bonito ou feio… whatever.

    Responda a este comentário

    saulo

    Tite arma seu time de acordo com as características dos seus jogadores. Jogar bonito depende muito da individualidade, não é o caso do Corinthians. A grande marca é o conjunto e a disciplina tática das suas duas linhas de quatro e a marcação pressão. As vezes exagera quando joga defensivamente, o 4-6-0 no primeiro tempo contra o Santos é bem típico.

    Responda a este comentário

  6. rafael
    26/06/12 - 21:46

    Pelo jeito, só eu curti o joguinho “chato” da Espanha, kkkkkkkkk…bom, amanhã tem mais.
    Mas sei lá, eu gosto de toque de bola, passes de primeira envolvendo o marcador. Nossa seleção de 82 era assim , como um meio de campo invejável, um pouco mais artística talvez.

    Amanhã a Espanha deve ser mais exigida com o CR partindo pra cima…ainda assim, favorita mesmo ao titulo, pra mim, é a Alemanha. Tanto lá quanto aqui em 2014.

    Responda a este comentário

  7. Julio Bastos
    27/06/12 - 18:10

    Até Messi odeia #telecoteco! Inclusive, segundo fontes fidedignas, ele fica tão puto com aquela porra de toquinho pro lado, que pega a bola, dribla 4 marca gol e diz no vestiário do Barça ao final do jogo: “és así que se faz, carajo!”

    Agora, que me desculpem todos os companheiros de resenha esportiva sensata blablagoliana, mas #telecoteco bom, é o #telecotecoaltruísta do Flamengo!
    Como não sabe o que fazer com a bola, entrega pro adversário marcar gol! hehehehehehehe

    Responda a este comentário

  8. rafael botafoguense
    1/07/12 - 23:54

    http://s5.as.com/recorte/20120702dasdasftb_1/LCO/Ies/seleccionador_Vicente_Bosque_balotellizado_red.jpg

    Responda a este comentário

Deixe seu comentário