Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

Domingo de Nelson Piquet! Domingo de Vasco!

November 27th, 2011 por | Categorias: Fórmula-1 2011, Futebol.

*Por André Bona

 Nelson e Vasco

Como fã de F1 que sou e fã incondicional da família Piquet, especialmente de Nelsão, esse domingo, na verdade, começou há várias semanas atrás.

Sei que o “editor-chefe” de F1 do BBG é o MR. Robinson. E o desafiei a postar um artigo sobre os 30 anos do primeiro título de Nelson Piquet na F1. Isso foi antes de Suzuka. Mr. Robinson é um editor-fera. Escreve muito bem e entende de F1. Espero sempre a cobertura que faz sobre as provas e nessa espera inquieta, me desespero e saio postando em Open-bar e onde der sobre o assunto. Preferencialmente cornetando o queridinho atual da platinada abobada. Não estou falando do urubu,  nem do gambá, mas sim do Bruno Lalil, conhecido como Bruno Senna.

Meu pai é músico no ES, tendo gravado vários discos no Estado, desde a década de 80. Quando eu era bem pequeno, pela influência, me arrisquei como “compositor”. Criança que gosta de carro aprende todos os nomes de carros. Naquela época existiam poucos: uns 4 ou 5 de cada montadora. Então era fácil. Por isso, sobrava espaço no HD para saber tudo de carros de F1 e conhecer o inacreditável Nelson Piquet.

E foi assim que na década de 80, próximo aos 6 anos de idade, rascunhei alguma coisa sobre F1 (na verdade EXCLUSIVAMENTE PARA NELSON PIQUET) e meu pai anos depois carinhosamente lapidou e transformou numa música. Obviamente quando isso foi feito, retirou o nome do piloto e deixou sem nome. Até porque o fenômeno de marketing também já estava nas pistas, então a música ficaria, digamos, mais “ecumênica”.

Resgatei essa música e fiz um vídeo homenageando Nelsão. Com fotos interessantes e vídeos de ultrapassagens incríveis dele, ao som do hit de André Bona e Carlos Bona – “Ele é o nosso piloto da F1”.

Enfim, e até 1991 foi acompanhar a carreira brilhante desse piloto inacreditável e ser humano. Nunca encarnou o “herói nacional”. O cara que falava que peidava, arrotava, tirava onda com todo mundo. Um marrento completo. Marrento, autêntico e vascaíno. Era (e ainda é!) o Eurico Miranda de capacete. Acompanhei a F1 durante sua ausência com o mesmo interesse, mas com muita nostalgia, até o dia em que seu filho, Nelsinho, chegou na GP2 e as provas (muito mais alucinantes do que na F1) passavam no Sportv. E assim ele chegou na F1, com uma carreira sólida. Mas o restante todos já sabem. Foi uma tristeza e, hoje, tento acompanhar o garoto na Nascar Truck e vibro com seus resultados. Esse é o lado 1 da história.

O lado 2 da história, paralelo ao lado 1, é o lado Vasco.  Esse aí nem precisa de maiores comentários. Sou Vasco mesmo e acho que o Vasco esbofeteia todo mundo. E tem que ser assim. Simplesmente porque é Vasco e pela sua história. A platinada, e todos os seus tentáculos, é vista como inimiga.

O Vasco vence a CB depois de longo jejum, engata na SULA e no Brasileiro e vem avançando, avançando e avançando.

Voltando ao lado 1, depois da platinada comemorar os 20 anos da conquista do tri de Senna e falar todo santo dia disso, tomo conhecimento que o GP Brasil fará homenagem a Nelson Piquet. Delirante! PORQUE NÃO FOSSE FEITO ISSO, SÓ OS 20 ANOS SERIAM COMEMORADOS!

Semanas de espera. Os abafas da platinada não fazem mais o mesmo efeito. As informações circulam na internet, o carro será o Brabham de 81. Uma beleza!!!

Acordei pela manhã preocupado, pois tinha que fazer uma prova e hoje teríamos a exibição de Nelsão. A prova estava marcada no horário de Brasilia e o asno aqui, recém-morador de um Estado onde não existe horário de verão, perdeu a prova. Por outro lado, melhor: ia dar pra acompanhar tudo.

Vai se aproximando o momento. Abro o twitter e vejo as fotos postadas por Nelsinho Piquet.  Nelsão se vestindo, ao lado do carro e nas voltas que deu mais cedo se preparando para a exibição. Maneiras. Emoção total… Televisão ligada e eu buscando informações na internet, com medo da GLOBO NÃO EXIBIR o fato histórico. E numa chamada no intervalo, ouço a besta-mor falando… corro pra TV e o que vejo??? A BRABHAM 81 RASGANDO NA RETA DOS BOXES, contornado o S do NelSon e vindo para a reta oposta… o carro vai perdendo velocidade… ele vem saudando o público… a câmera vai pra dentro do carro… e o cara aparece… lento, mexendo em alguma coisa: CARAMBA! A BANDEIRA DO VASCO!!!! E ele vai lá, desenrola a bandeira, o som do rádio abre e o cara começa a falar: “e aí Galvão (urubu-rei da platinada) olha a bandeira do Vascão… kkkkkk…” e vai continuando… rindo… zuando… rádio aberto… emoção pura! E o cara rindo… “ih!, kkkk, ihi!” o cara tava zoando geral!!!! Foi como a logo do SBT na camisa de 2000. E alguém pensa que ele e Galvão são amigos? Que nada! Na minha opinião foi mais uma resposta! Ele colocara Reginaldo dentro dessa Brabham minutos antes. Galvão se mordeu na transmissão: “vc entrou nesse carro aí, Reginaldo?” “sim, entrei sim!”…

Eu assisti, atônito, a história toda… esperei a entrevista para Mariana Becker que hesitou em falar o nome do Galvão que, supostamente, teria chorado. Que mentira. Mas tá bom! Tentei gravar na TV. Consegui uma parte, porque me enrolei todo. Ao rever, pus-me aos prantos. A emoção de ver a Brabham já seria suficiente. Nelsão sendo homenageado, uma vitória pessoal minha (por incrível que pareça – era eu quem estava naquele carro!). Mas o cara ainda me tira a bandeira do Vasco. Incrível. E pra finalizar mais do que com chave de ouro, TIRA ONDA COM GALVÃO!!! E SAI RINDO COMO UM MOLEQUE!!!! COM RADIO ABERTO!!! Caramba! Muita emoção. Coisa de Piquet. Coisa de Vasco. Esbofetando todo mundo. Em São Paulo, local do nosso TRI e parte de nosso TETRA e de nossa MERCOSUL.

Virei pro lado e disse para minha mulher: ganhei 10 anos de “esportes”. To amarradão…

E pra finalizar o dia, bem, mais do que cereja, mais do que qualquer coisa, a vitória sobre o Flu, da forma como foi, que com certeza será alvo de outro post por aqui.

Enfim, foi um domingo de Piquet (como nos anos 80) e de Vasco (como nos anos 90). Juntos. Num mesmo momento. Inacreditável! Histórico. Tipo, Copa Mercosul, Brasileiro, Libertadores, tudo junto. As duas maiores paixões de um torcedor juntas, num mesmo momento, num mesmo dia, entrelaçados, contra dois dos “meus” maiores inimigos: “Galvão, platinada e gambá”. Nem sobrou espaço pra mais nada. E assim foi o domingo Vascaíníssimo! Histórico. Mágico!!!

Inscreva seu e-mail e confirme pelo link eviado para receber novos artigos do Blá blá Gol.

62 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

62 Comentários para “Domingo de Nelson Piquet! Domingo de Vasco!”

  1. André Bona
    27/11/11 - 22:38

    De fato, juntaram-se tempos diferentes de esportes diferentes num único momento. Obrigado BBG pela postagem. Muito obrigado!

    Responda a este comentário

    Fabiano

    Muito bom André ,tbm sou fã do Nelsão e acompanho o nelsinho na Nascar, foi uma pena oque houve com ele, o guri é bom tbm.
    Adorava aquela tua comparação com o rei do marketing, mas perdi se vc ainda tiver gostaria ter de novo.
    Valeu! é bom ter mais torcedores que pensam como eu.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Aquele comparativo Piquet x Senna que tinha no meu blog antigo? Rapaz, eu pensei que só eu tivesse lido aquilo que eu mesmo escrevi… rs…

    Po, vou preprar outro então!!!!

    Abç!

    Responda a este comentário

  2. alexandre
    27/11/11 - 23:02

    Acelera Vasco!!!!

    Responda a este comentário

  3. Hildebrando Teles de Oliveira
    27/11/11 - 23:16

    É como você disse, “mágico”.

    Responda a este comentário

  4. Victor
    28/11/11 - 0:20

    Nelsão é muito ídolo. Gozador-mór. Um ídolo que peda e faz cocô.
    É um cara que tem uma filosofia de vida muito foda.

    Muito show como ele tem a manha e se recusa a participar da PACHORRICE para o público-alvo platinado. Seria a consagração sensacionalista uma imagem exasperada e lacrimejante do Tricampeão e tiveram apenas a alegria sóbria e debochada de quem não se impressiona ou vende seus princípios por um show televisivo. Piquet é um caráter imenso. Dentre as celebridades brasileiras, o maior. Maior até que Lobão uma vez que é mais senhor de si e é um gozador internacional.

    Espero que esse cara tenha comido todas as mulheres que quis na vida. Merece.

    Responda a este comentário

  5. Andre Bona
    28/11/11 - 6:47

    Talvez as novas gerações não entendam bem o que estava atrás do: “olha ae galvão a bandeira do Vascão! + gargalhadas absolutas”…

    Talvez imaginem que é mais um esportista falando com o “amigo” Galvão…

    Talvez não entendam que a geração é da FOM e não da Globo (como o idiota mor sempre insiste em dizer para cornetar sua própria transmissão) e que Galvão e Globo naquele momento, eram passageiros… Impotentes, assistindo tanto quanto nós a transmissão da volta…

    Talvez não se dêem conta da perseguição de Galvão à família, ao anúnico equivocado da demissão de Nelsinho na hora errada. Da insistencia em que Felipe Massa teria perdido o titulo de 2008 por causa da tramóia do “Nelsinho” (e não da Renault e do Alonso).

    Eu não sei se o idiota de plantão, narrador de briga de galo, consegue disfarçar tão bem ao ponto de passar ileso, num ato como esse, para os incautos.

    Eu não sei de nada. Sei que nem dormi direito. Hoje é segunda, caralho! Tenho que trabalhar. Como eu disse, são mais 10 anos de esportes renovados. Até a comemoração dos 40 anos do mesmo titulo de 81… rs…

    Responda a este comentário

  6. Andre Bona
    28/11/11 - 7:11

    o BALDE de água fria no gambá e na sua torcida… que já comemorava… Kelber Machado quase “chorou”… kkkk

    A lição de Zico anda meio esquecida…

    Responda a este comentário

  7. Andre L
    28/11/11 - 12:08

    Grande texto, Bona. Passou bem a emoção…

    Ver o Piquet dentro daquela Brabham já foi demais. Relembrar tudo que passou, os anos 80, o começo da paixão pela F1, a coleção de carrinhos, a miniatura daquela Brabham-Parmalat meio azulada de 83… Tudo isso passou na cabeça durante aquela volta em Interlagos.

    Já era o bastante. Até vir o êxtase daquela bandeira. Não só por ser vascaíno, não só por pensar um “chupa Galvão!!!” antes mesmo dele falar no rádio. Mas porque aquilo é Piquet em estado puro. De uma só vez, ele:

    a) homenageou o Vasco;
    b) fez isso dentro de SP, no meio de uma decisão contra o Corinthians;
    c) fez isso na Globo, ao vivo;
    d) calou o Galvão;
    e) deu uma espetada no “patriotismo” do Senna, imitando o mesmo gesto, mas com a bandeira “mais importante”.

    Genial. E quando abriu o rádio, os comentários, as risadas, o Piquet moleque que aprendemos a adorar.

    Depois, ainda teria o jogo do Vasco, ainda teria mais um título do Federer no ATP Finals… Um domingo esportivamente perfeito.

    Responda a este comentário

    Jose

    Piquet , Voce é um comedia, tem inveja do SENNA esse sim era Corinthiano e nunca precisou disso para aparecer ..aahahhah só assim para ganhar noticia na midia , pq sua familia está queimada em todo lugar…

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    #filhodaglobo detect! [2]

    Rapaz, se oriente alienado. familia queimada? Quem vc acha que fez a homenagem ao cara? O dono da F1.

    Empurrou aquela volta pra Globo, que é obrigada a transmitir.

    Só pra constar: a bandeirinha patriotinha marketinzinha que o Senninha (tem até revistinha) levava, amigo, tava no contrato com o Banco Nacional, tá?

    Mais um que nao viu o cara pilotar… tadinho.

    Responda a este comentário

  8. Elisa
    28/11/11 - 12:56

    Adoreiii o seu texto! Também sou fã do Piquet desde pequena. Cresci ouvindo falar nesse cara e vendo ele dar show nas corridas. Ele sempre foi e sempre será o meu preferido. O melhor dentro e fora das pistas.

    O outro morreu e virou herói. Mas não pra mim. Quando isso aconteceu é claro que não fiquei feliz, afinal eu não o odiava. Mas não passei a gostar, não entrei na dança da hipocrisia, não comecei a dizer que o cara era o máximo, não mudei de preferência e opinião. SOU MUITO MAIS O PIQUET e pronto.

    Quanto à parte que se refere ao Vasco, bom… sou Flamengo, amo meu time mas achei o máximo o que o Piquet fez. Um cara autêntico que só tem compromisso com uma pessoa: ele mesmo. Gosto de pessoas com personalidade e tenho pavor de maria-vai-com-as-outras.

    Vou fazer um texto no meu blog sobre isso ainda hoje. Foi muito emocionante ontem, principalmente quando o Galvão mandou botarem imagens dele mais rápido.

    Não lembro de 1981 porque eu era muito pequena, mas ver o Nelsão naquele carro me emocionou muito e me fez vibrar. Nostalgia total!!! rsrsrs

    Grande Nelson Piquet! Domingo histórico!

    Ah… e eu acredito que o Reginaldo Leme tenha chorado. Já o Galvão Bueno, acredito também. Deve ter chorado nem que seja de raiva ou inveja… kkkkkkkkk

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Com certeza Reginaldo chorou sim. E quando Galvão insistia: “Piquet no seu estado puro de provocação…” No final Reginaldo: “ele está se divertindo e quis divertir a todo o publico também”…

    Reginaldo não deve aguentar mais o narrador de briga de galo.

    Responda a este comentário

  9. Victor
    28/11/11 - 13:09

    [via @Lex_N , vulgo Nardoni]

    http://flaviogomes.warmup.com.br/2011/11/fim-de-feira-15/

    Responda a este comentário

    Alexandre N.

    Como não respeitar? Ou melhor: Como não reverenciar estes caras?

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Eu duvido que dessa conversa aí, saia realmente algo que preste… só sacanagem… kkk…

    Responda a este comentário

    Anderson de Castro e Cordeiro

    Encontro de Tricampeões Piquet, Lauda e Stewart

    Saudações

    Branco
    Uberlândia-MG

    Responda a este comentário

    Bender

    Foda seria um pega entre eles. Alguma empresa poderia fazer.
    Mas teria que ser em bugres que não corram muito. Se Lauda e Stewart não puderem, chama Prost, Rosberg ou Mansell mesmo… hehehe

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    O problema é que Lauda vai pilotando Boing… fica desigual…

    Se bem que Piquet venceu aquele desafio anual que existia contra aviões… 2 x 1 pra Piquet.

    Responda a este comentário

    Robinson

    Prestem bastante atenção:

    NOVE campeonatos mundiais de Fórmula 1.

    Eu queria ser uma mosquinha rondando por ali, só para ouvir o papo dos caras.

    Muita história para contar…

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Mr Robinson, esse post, que consta seu nome no início, também foi publicado no Casaca!

    http://www.casaca.com.br

    Responda a este comentário

  10. Nova Novela
    28/11/11 - 15:06

    Muito bom!!!! Senacional!

    Responda a este comentário

  11. Filsner
    28/11/11 - 15:19

    O Senna foi infinitamente melhor. Tenho pena desse Nelson Piquet arrogante perto do Senna. Esse mesmo Piquet se quis se naturalizar português e correr por Portugal. Não é à toa que esse lixo torce para esse outro lixo chamado Vasco. Ei, Piquet, vai pentear macaco, seu cagão.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    #filhodaglobo detect!

    Responda a este comentário

  12. Bender
    28/11/11 - 15:29

    Hahahahaha… Piquet muito figura… E sagaz!

    1981, um ano de títulos mundiais!

    Responda a este comentário

  13. Andre Bona
    28/11/11 - 17:15

    Impressionante a velocidade com que vários vídeos no Youtube com a volta de Nelsão estão sendo seguidamente bloqueados…

    Globo atack!

    Responda a este comentário

    Bender

    E por que o youtube bloquearia isso? Não existe nenhuma razão.

    Viu a Capa do O Globo de hoje? Dá uma olhada.

    Aliás, fiquei sabendo da volta em Interlagos do Piquet com a Brabham de 81 no GE há um tempo. Vi as chamadas sobre o assunto com Reginaldo Leme e Léo Batista. E li a matéria no próprio portal do GE hoje.
    http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2011/11/piquet-volta-pista-com-bandeira-do-vasco-e-divide-torcida-em-interlagos.html

    Depois arruma os audios do Piquet que tu falou. Queria escutar.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    “E por que o youtube bloquearia isso? Não existe nenhuma razão.”

    – conteúdo de propriedade da FOM
    Veja esse aqui, que tava com a reportagem: http://www.youtube.com/watch?v=A4I-Hikp3sE

    “Depois arruma os audios do Piquet que tu falou. Queria escutar”

    Os da música? O youtube bloqueou o meu também. Eu tenho o arquivo (só audio) e o com as imagens no meu micro. To aguardando o Victor mandar instruções pra gente disponibilizar fora do Youtube.

    Tenta ver nesse link: http://www.youtube.com/watch?v=QqueB5s07Ds

    Responda a este comentário

    Victor

    Cadastra no VIMEO

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Victor, ta aí o link: http://vimeo.com/32813117

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Victor, bota lá.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Inclusive, se vc clicar no Google, NELSON PIQUET, esse post é o primeiro da lista.

    Responda a este comentário

  14. sérgio dieguez
    28/11/11 - 17:33

    meu deus, que coisa linda poder ver novamente o Nelson Piquet, ainda muito bem acompanhado,Lauda, Stewart.

    Responda a este comentário

  15. Bender
    28/11/11 - 18:02

    mais gente achou a corrida monótona depois
    http://globoesporte.globo.com/platb/voandobaixo/2011/11/27/animado-antes-monotono-depois/

    Responda a este comentário

  16. MANOEL JOSÉ SILVA DE OLIVEIRA
    28/11/11 - 20:11

    ADOREI REVELO DANDO UMA AULA DE PILOTAGEM, ELE NUNCA PRECISOU BABAR ESTE LOCUTOR OFICIAL DA TODA PODEROSA GLOBO. NELSON PIQUET SEMPRE FOI AUTENTICO, NUNCA PRECISOU FAZER MEDIA COM NINGUÉM. O MAIS COMPLETO PILOTO DA HISTORIA DA FORMULA 1, O MAIS INOVADOR, E, O MAIOR ESTRATEGISTA. TODOS OS TÍTULOS GANHO DE FORMA LIMPA, SEM BOTAR NINGUÉM PRA FORA DA PISTA, GANHAVA NO BRAÇO, VARIA VEZES DEU SHOW. O SENA TINHA TALENTO, MAS JAMAIS LEVOU VANTAGEM COM O INIGUALAVEL NELSON PIQUET.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Isso aí! Nem contou com ajuda de companheiro de equipe NUNCA.

    Responda a este comentário

  17. Andre Bona
    28/11/11 - 23:09

    Video novo no post. Show de bola!

    Responda a este comentário

    Bender

    hahaha… maneiro.

    Mas a parte “põe seu capacete colorido” tá mais pra Senna que Piquet heim…

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Pois é. E o pior é que vacilei: na primeira vez que o velho Bona canta essa parte, aparece o Senna contornando a ultima curva antes da reta dos boxes da Hungria… ainda bem que no final da reta dá pra entender de que se trata… rs…

    Responda a este comentário

    Bender

    ih Bona… fez música pro Senna… hahaha

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Ih rapaz, to pensando aqui…

    “quando ele entra em seu carro mágico…” Isso Piquet nunca teve mesmo…

    “desliza na pista” – aqui é Piquet “no seu estado puro”

    “pericia e coragem” – Piquet

    É música pra Piquet!

    Responda a este comentário

    Bender

    tem que fazer um remake

    Responda a este comentário

  18. Andre Bona
    29/11/11 - 20:06

    Raikonen de volta na Lotus.

    Responda a este comentário

  19. Victor
    4/12/11 - 13:10

    http://extra.globo.com/esporte/vasco/vou-aproveitar-para-pisar-um-pouco-no-pescoco-do-corinthians-disse-piquet-3375442.html

    Responda a este comentário

  20. Alexandre Tadeu
    9/12/11 - 14:16

    Realmente um momento emocionante para toda a nação Vascaína.Parabéns Bona!

    Responda a este comentário

  21. Jairo
    20/05/12 - 7:56

    Piquet foi um grande piloto, mas em todas as enquetes feitas por técnicos e pilotos da F1, fica bem atrás de Senna, Prost e Schumacher, estes 3 são disparado os melhores. Revista F1 racing 1) Senna 9) Piquet tablóide The Sun 3) Senna 9) Piquet. No Brasil o Piquet tem grandes admiradores como o Senna, mas nos países de fora especialmente a Inglaterra e a Argentina é muito mal visto, diferente do Emerson e do Senna que tem uma imagem melhor.

    Responda a este comentário

    Andre Bona

    Como vc pode observar no contexto dessa matéria, e do próprio comportamento de Piquet ao longo de sua vitoriosa carreira e de sua vida fora das pistas, PIQUET CAGA PARA SUA IMAGEM. Como escreveu o Victor aqui em cima, Piquet é Sr. de si próprio. Não é um personagem.

    Ele é o Piquet! Fodam-se as opiniões. Piquet é predador. Sempre foi e sempre será. Ele é o tubarão branco. Se vc gosta ou nao, se os jornalistas gostam ou não, ele é assim, e FODA-SE.

    Fora das lentes midiáticas e sem os óculos midiáticos, é muito fácil perceber o nível de correção, honestidade e hombridade máxima presente no cara. Basta tomar a pílula (azul ou vermelha, nao lembro qual) e enxergar.

    Coisa para poucos.

    Responda a este comentário

    Leandro

    Mas convenhamos que essa enquete também não tem muita credibilidade. Piquet e Fittipaldi não tão no top 10, mas o TETRA-VICE Stirling Moss tá.

    Faz sentido um cara sem títulos figurar no meio de campeões?

    Responda a este comentário

  22. Jairo
    21/05/12 - 5:37

    Eu quando tinha 8 anos de idade fazia isto que o Piquet faz com 59, Eu acho ele infantil, vi artigos da 4 rodas onde ele fazia xixi debaixo do carro pra que o mecânicos descobrissem aonde estava o vazamento, de escrever “Kick me” em um papel e colar atraz do macacão do mecânico, de colocar uma foto de mulher nua no documento de outra pessoa, de esconder o papel higiênico do Mansell lá no GP do México em 1986…algumas piadas dele são de gosto discutível falar mal da mulher do Mansell chamando ela de feia, e falar mal do filhos pequenos do Mansell chamando eles de monstrinhos, chamar o comendador de velho gaga, de cada 10 palavras que o Piquet fala 1 é palavrão, por que o Piquet aos 59 anos não entra numa religião pra mudar, olha o filho dele o Nelsinho um cara espetacular equilibrado, ele mesmo disse que o pai dele primeiro fala depois pensa. O Piquet parece ter algum problema neurológico ou será o capeta. Eu sei que alguns adolescentes adoram gente “muito Excêntricas”, por isto que idolatram roqueiros malucos, mas a maioria da pessoas maduras não gostam…. preferem gente séria, eu sou sério e exijo que o nosso tri-campeão tenha uma postura de campeão.

    Responda a este comentário

    André Bona

    eu sou sério e exijo que o nosso tri-campeão tenha uma postura de campeão.

    Seja como for, Nelsão não está preocupado com sua opinião, nem com a minha nem com a de ninguém.

    Sobre a suposta infantilidade a que vc se refere, imagine a infantilidade que é, aos olhos de uma mulher, gostarmos de corrida de carrinhos, de futebol e de um monte de outras patetices e piadinhas que sempre fazemos para adoçar a vida?

    É melhor um tri-campeão irreverente do que um doente, do que um “fricotento” que pensava amar a “rainha dos baixinhos”. Fala sério.

    Responda a este comentário

    André Bona

    Observar ainda que, com esse jeito, criou e lidera uma empresa com faturamento absurdo no país, pioneira que é a Autotrac. Um cara fera nas pistas e nos negócios.

    Responda a este comentário

    Roby

    Você esqueceu da superbonder que o Piquet botava nas chaves do carro do Ron Dennis, ele colocou 3 vezes, a primeira veio o chaveiro, na segunda veio a polícia, na terceira o Ron contratou um segurança que quando reconheceu o Piquet, foi lá na sala pegar um autógrafo e caneta…aí o Piquet aproveitou e botou superbonder de novo na fechadura do carro do Ron, o segurança do Ron acabou sendo demitido, e a partir daí o Ron nunca mais usou carro, só taxi e carro com motorista.

    Responda a este comentário

  23. Leandro
    24/05/12 - 7:11

    Que delícia eliminamos o Vascão bem no finzinho, com sofrimento, Viva o Flusão o melhor time do Brasil, Viva o Corinthians a torcida do Vasco cabe em 18 ônibus, vocês contratam torcedores do Flamengo pra encher os estádio, é uma torcida que que fala demais parece o Eurico Miranda, o Piquet tudo farinha do mesmo saco. Abaixo a arrogância, viva a humildade.

    Responda a este comentário

    Beto

    Mas o Flu também perdeu e o Corínthians logo, logo vai também vai se ferrar torço muito pro Vasco, mas eu discordo nestas homenagens ao Piquet, depois do Piquetgate considerado um dos maiores escândalos da F1 em 2009, e ainda vem o Bernie Eclestone com quase 80 anos dizer, numa entrevista que os Brabham (Bernie era o dono) eram carros irregulares e que eles (da Brabham) eram os mestres da trapaça, e que a maioria destas trapaças não foram descobertas, ele disse que a fiscalização daquela época era precária e que hoje é mais difícil de fazer isto. É chocante a entrevista, coloquem no Google e escrevam: in conversation Bernie Ecclestone ans Cristian Horner.

    Responda a este comentário

    André Bona

    Sorte do Sr. que o blog não é meu. Aliás se eu soubesse que esse tipo de comentário cretino apareceria, nem tinha escrito essa porra. Seu merda! Manipulado! vai chupar o saco do Senna!!!!

    Responda a este comentário

    Marcio

    André você com esta linguagem, cheia de palavrões, análises de má qualidade, não vai ter capacidade de conquistar clientes nesta sua profissão de investidor. Pense um pouco antes de se comunicar, você parece que escreve e só depois pensa. Que pena.

    Responda a este comentário

  24. Filsner
    19/03/14 - 10:37

    Nelson Piquet = lixo como pessoa. E quem não acha, FODA-SE.

    Responda a este comentário

Deixe seu comentário