Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

Continuar pra quê?

December 1st, 2009 por | Categorias: Futebol.

Sem Título-2O Flamengo tem todos os méritos para se tornar o Campeão Brasileiro de 2009. Ganhou seus jogos jogando um bom futebol depois que o Pet entrou na equipe, foi um time eficiente, além do gringo, tem um jogadoraço como o Adriano e seus dirigentes acertaram nas contratações que fizeram.

O rubro-negro carioca não tem culpa se, por circunstâncias do campeonato, seu último desafio é contra um time sem pretensões e cujo maior rival pode ser campeão, caso esta equipe vença ou empate. É uma situação inerente ao campeonato de pontos corridos.

A situação é ainda mais aguda, quando se trata de uma rivalidade como a de Grêmio e Inter. Nem o Papai Noel gremista usa o tradicional vermelho. A reação da torcida era totalmente esperada.

O fato novo, é que dirigentes e jogadores (profissionais?) embarcaram na onda dos torcedores. Aliás, este Brasileiro vai ficar marcado como o em que todo pudor foi mandado às favas. Subornos, tramóias e “corpos-moles”, agora são encarados como coisas normais.

Não dá pra deixar passar as declarações de Souza meio-campo do Grêmio, exibindo todo seu “profissionalismo”.

“- Nós sabemos que aqui existe isso (rivalidade). Nenhum jogador quer ficar marcado por ajudar um grande rival. Se vier a ordem para que nós joguemos, vamos jogar. Se não vier, paciência – declarou o jogador.”

“- O futebol é engraçado… O que posso te falar sobre o jogo de domingo é que vamos fazer a nossa parte, para acabar o campeonato com dignidade. Mas estamos aqui para acatar ordens. Tem que falar com o presidente. Se ele prender, ficamos presos. Se ele soltar, jogamos.”

“Estamos aqui para acatar ordens”…interessante…O presidente Duda Kroeff sabe bem disso, e dá a sentença definitiva sobre o assunto:

“Não é o Souza que resolve se vai entregar ou não. É a comissão técnica e a direção.”

Depois de uma dessas, não tem mais nada a ser acrescentado, é a cereja do bolo. Os coitados do STJD até lançam seus factóides, mas todo mundo sabe que nada pode ser feito.

Espero que os jogadores de verdade do Grêmio sejam profissionais e honrem seus nomes, que lembrem que amanhã podem estar fora do Grêmio, e talvez possam ser até contratados pelo Inter, por exemplo. E que o Souza tenha sorte no resto de sua carreira.

Inscreva seu e-mail e confirme pelo link eviado para receber novos artigos do Blá blá Gol.

102 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

102 Comentários para “Continuar pra quê?”

  1. Victor
    1/12/09 - 10:43

    Se eu fosse torcedor do Flamengo eu não leria jornal essa semana.
    Aliás, se eu fosse dirigente do Flamengo, trancava o time para o Mundo. Entraria no Maracanã sem saber de porra nenhuma dessa.

    Eu não lembro, mas tenho lido que o Inter entrou com time reserva ano passado. Mas havia a Sulamericana, não?
    O Inter tinha um salvo-conduto perante os moralistas de plantão.

    Vão encher tanto a paciência do Grêmio que não duvido que entrem com time titular e jogando direito.

    Mas diga-se de passagem, ainda assim o Flamengo é, obviamente, favorito.

    Projetando uma natural vitória do Flamengo, o Grêmio ainda vai ter de arcar a pecha de vilão entreguista (existe isso?) por uma imprensa que se porta como no bar estivesse. Nunca sabe de nada, mas fala sobre tudo.
    Curioso que nós, que somos do bar, temos o cuidado em escrever apenas sobre o que sabemos, e alertar com todo o cuidado quando dizemos sobre o que não sabemos.

    A moda agora, é acusar o Corinthians de entreguismo utilizando um texto com toda a cara de apócrifo. Descobrir alguma coisa? Blah… pra que? Insinuar é 100% garantia de assunto e nunca se está errado.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    “o Flamengo é, obviamente, favorito” [2]

    Em tempo, pra deixar claro, não acredito que a maioria dos jogadores consiga entrar em campo sem jogar à vera. E não falo nem só dos profissionais, no Marieta por exemplo isso não acontece.

    Responda a este comentário

  2. Zarga
    1/12/09 - 11:14

    Até pra torcida do Flamengo esse papo de entregar é ruim. Quero ver um jogo maneiro, disputado. Tomara que venha o time titular com vontade de mostrar serviço.

    E a diretoria mandou bem em mandar o time pra Granja Comary. É quase um “Fiquem na moral essa semana, ganhem e depois a gente bebe até queimar o pé na moto!”.

    Sobre o Corinthians, nem achei que entregaram não. O Ronaldo teve uma contusão que vai atrapalhar até as férias. O Escudero teve um estiramento. E o Chicão deu uma porrada digna de segundo cartão amarelo que já é costume dele mesmo…ah, e aquele Defederico é enjoado, hein. Vai dar trabalho.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Na verdade o único lance esquisito no jogo do Corinthians foi o Felipe no pênalti, mas ali o jogo já tinha acabado mesmo.

    Responda a este comentário

    Victor

    O Corinthians vem o campeonato inteiro jogando para o gasto.
    Resolveram escrever cartinha neste jogo.
    hahahahahahahahahahaha

    Responda a este comentário

    Zarga

    Pode crer. O Corinthians brincou no Brasileiro.

    Responda a este comentário

    saulo

    Pelos absurdos do futebol brasileiro, o Corinthians e tantos outros times, garantiram uma vaga na libertadores na Copa do Brasil. Jogou contra clubes das séries D, C , B e A… em apenas dez partidas. Enquanto o campeonato brasileiro participam os vinte melhores clubes do país em turno e returno. Caso encerra-se na semana passada a rodada, o Cruzeiro teria a última vaga. Chega ser uma aberração a segunda maior torcida ficar “brincando” no brasileirão. São coisas das quais precisam ser revistas para dar ainda mais emoção a competição.

    Responda a este comentário

    saulo

    “Encarcerar” jogadores durante a semana é um dos traços do amadorismo e falta de profissionalismo do futebol brasileiro. Atleta profissional não é criança e os dirigentes precisam párar de tratar como babás. Concentração beneficia apenas o mal profissional. Não adiante se cuidar apenas um ou dois dias antes da partida.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Não. Não são crianças. Eles queimam o pé na moto, enchem o caneco antes do jogo, brigam na porta do banco, surfam, dão tchauzinhos pra torcida alheia, tudo isso a toa.

    Respeita o meu cabelo, né Saulo?

    Responda a este comentário

    saulo

    Fazem tudo isso pela falta de preparo e paternalismo dos dirigentes brasileiros. Poucos clubes realmente dão assistência social e psicológica ao atleta.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Se você não der, você perde o jogador bom do seu time, Saulo.

    Os caras vão fazer o que? Imagina se o Flu manda o Fred embora depois da parada do surf. Ia viver de que agora?

    E o Flamengo e o Adriano?

    Responda a este comentário

    saulo

    Por isso o Fred e Adriano pediram arrêgo da Europa. Falta essa mentalidade aqui.

    Responda a este comentário

  3. Bender
    1/12/09 - 11:24

    se eu fosse dirigente do Flamengo, trancava o time para o Mundo.

    Quase isso.


    Se eu fosse torcedor do Flamengo eu não leria jornal essa semana.

    Praticamente impossível. A não ser que ficasse, tal como o time, trancado em casa e não ligasse TV, rádio, nem nada.

    O engraçado e estapafúrdio é que já vejo discussões do tipo “o Grêmio decidirá se o Flamengo será campeão ou não”

    Na boa, em caso de sucesso rubro-negro, já estou preparado para “roubo, fla-press, STJD, malas, a globo deu o título pro Fla, pontos corridos é uma merda, sorte, cagada…”

    Responda a este comentário

    João Deiró

    Mas isso é sempre assim, Bender. Até hoje existem os que questionam a Libertadores (e consequentemente o Mundial) por causa do tal jogo com o Atlético, o Rafael aqui embaixo mesmo já reacendeu a discussão de 1987, etc.

    É verdade que nós também sacaneamos os vascaínos dizendo que 2000 foi roubado (não é pra discutir, só exemplo), mas é fato que nós, flamenguistas, somos alvo preferencial país afora.

    Mas enfim, falem o que quiserem, entreguem ou não entreguem, se ganharmos no domingo, entrarei em coma alcóolico horas depois.

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Qual mundial? Vc se refera a Copa Intercontinental, né? Pois mundial simplesmente não houve. Quem chama aquilo de Mundial é o clube da gávea e a grobo. Houve um jogo entre dois times de dois continentes. Pega lá o dicionário e dps visita esse site aqui:
    http://www.fifa.com/classicfootball/clubs/club=44132/index.html
    Aquela libertadores? Não aconteceu nada demais nela não… E aquele jogo contro o Atlético MG? Aquele do apíto amigo do pseudo comentarista da grobo? Esse sim é um título bonito da gávea… segue o link para aqueles que querem matar a saudade. rs

    87 e 2000? haha. O Vasco ao menos entrou em campo e venceu em campo. É apenas uma pequena diferença, né? rs
    Tadinhos dos rubros negros… tão perseguidos… tão chacoteados… ô povo sofrido… rs

    Responda a este comentário

    Bender

    Hehe… não só Libertadores João, tem muito mais. Mas não vale a pena falar mais nisso. Maior perda de tempo.
    Quando disse “estou preparado” não foi no sentido de responder qualquer desses devaneios. Foi no sentido de cagar para isso.

    O xará sofredor já gastou tudo o que podia nesse ano. Provavelmente ele é mais um que não viveu, não sabe nada de 1987 e caga um monte de certezas no ventilador.

    Domingo, antes de tudo, vou tentar entrar no Maraca pra ver o jogo. Depois vejo qual vai ser o meu estado.

    Ah sim.. claro.. 2000 o Vasco ganhou roubado. HUAAUHuahUAHuhaUhauHAUh…

    Responda a este comentário

    Victor

    Antes de mais nada, quero dizer que não é nem de longe um dos meus posts favoritos aqui do blog (como estará bem claro por lá nos comentários que nem eu mesmo lembro o que escrevi).
    Mas creio que lá reune grande parte da discussão sobre o tema:
    http://www.blablagol.com.br/a-historia-de-1987/

    Existe pelo meio do blog mais fragmentos dessa discussão, mas é meio complicado de achar.

    Ah sim… como eu não vou voltar à essa discussão, deixo aqui resumidamente minha opinião hoje, em 01/12/2009:
    Não há campeão brasileiro em 87. Forçando muito a barra, eu diria que foi o Flamengo. Sport? Nem ameaçado de processo.

    Responda a este comentário

    Bender

    Tá rolando isso???

    HUAHUHAU uH Auhauhu HUHUHUAhuhuah UHAU UAHuhH
    AU UHAUhuh UHAUhu UHAuhU HUAh HAUh u HUHAu A
    HUAHuhu UHAu HUA HuhUHUAHuhU HAUh uHUHAUh uHUAhUHAu
    UHAU huHA uhU HAu hUHAu hUUAHuhuhUAHuah UAHu HAU
    HAUhu Auh AUhuHUAHuHUH AUHuhUAHUHUAH UAH UAHUAHUAu
    UHUAh uHAuhuHAUhuHUHAUh u HUHAU hUHAuhuA

    Qdo a gente acha que já viu tudo…

    HUAHUHAU uH Auhauhu HUHUHUAhuhuah UHAU UAHuhH
    AU UHAUhuh UHAUhu UHAuhU HUAh HAUh u HUHAu A
    HUAHuhu UHAu HUA HuhUHUAHuhU HAUh uHUHAUh uHUAhUHAu
    UHAU huHA uhU HAu hUHAu hUUAHuhuhUAHuah UAHu HAU
    HAUhu Auh AUhuHUAHuHUH AUHuhUAHUHUAH UAH UAHUAHUAu
    UHUAh uHAuhuHAUhuHUHAUh u HUHAU hUHAuhuA
    HUAHUHAU uH Auhauhu HUHUHUAhuhuah UHAU UAHuhH
    AU UHAUhuh UHAUhu UHAuhU HUAh HAUh u HUHAu A
    HUAHuhu UHAu HUA HuhUHUAHuhU HAUh uHUHAUh uHUAhUHAu
    UHAU huHA uhU HAu hUHAu hUUAHuhuhUAHuah UAHu HAU
    HAUhu Auh AUhuHUAHuHUH AUHuhUAHUHUAH UAH UAHUAHUAu
    UHUAh uHAuhuHAUhuHUHAUh u HUHAU hUHAuhuA
    HUAHUHAU uH Auhauhu HUHUHUAhuhuah UHAU UAHuhH
    AU UHAUhuh UHAUhu UHAuhU HUAh HAUh u HUHAu A
    HUAHuhu UHAu HUA HuhUHUAHuhU HAUh uHUHAUh uHUAhUHAu
    UHAU huHA uhU HAu hUHAu hUUAHuhuhUAHuah UAHu HAU
    HAUhu Auh AUhuHUAHuHUH AUHuhUAHUHUAH UAH UAHUAHUAu
    UHUAh uHAuhuHAUhuHUHAUh u HUHAU hUHAuhuA

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    É irritante mesmo tentarem roubar o título do Sport fora do campo, no grito.

    Mas o presidente do Sport viajou, uma pessoa não pode ser processada por não saber contar, ou por ser analfabeta.

    O processo cabe somente se a CBF se referir ao Flamengo como campeão de 87, pois aí estaria desobedecendo uma determinação expressa da justiça brasileira.

    Responda a este comentário

    Bender

    O presidente do Sport já tem trabalho

    CBF Fla 1987

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Esse CHORORO do Fla ninguem vai calar nunca! rs

    Responda a este comentário

    saulo

    Essa questão do título de 1987 foi decidida em 1998 em sentença definitiva no STJD. O então advogado e atual candidato a presidente Clóvis Sahione, conseguiu o recurso validando a conquista. O próprio Clube dos Trêze presidido na época José Aidar e organizador da Copa União, reconhece o título rubro-negro. Esse mesma pessoa(Aidar) em entrevista no programa do Juca Kfouri mêses antes do título do São Paulo em 2007, reconheceu o pentacampeonato. E coincidentemente o seu braço direito Juvenal Juvêncio, reconheceu a posição do Flamengo. De uma hora para outra, mudou de lado. O próprio cruzamento entre os módulos não estava previsto antes do início da competição. E por quê o Internacional se juntou ao Flamengo e não quis participar do circo????

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Não vale mesmo não… já falamos tudo, e o link da fifa tá aí. Então falar o q? Assunto mais q encerrado.
    Grande abraço.

    Responda a este comentário

    Bender

    Quem é vivo sempre aparece.

    Site da Fifa? Então perdeu.
    “Quando o São Paulo ganhou o 5º título, ele se igualou ao Flamengo”

    http://es.fifa.com/worldfootball/clubfootball/news/newsid=626579.html#sao paulo campeon quinta

    Um abraço.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    http://es.fifa.com/classicfootball/clubs/club=44132/index.html

    Títulos:
    * 1 Copa Toyota Intercontinental (1981)
    * 1 Copa Libertadores (1981)
    * 1 Copa MERCOSUR (1999)
    * 1 Copa CONMEBOL (1996)
    * 4 campeonatos de Brasil (1980, 1982, 1983, 1992)
    * 1 Copa Uniao (Módulo Verde – 1987)

    O que vale é a posição oficial da entidade. Esses artigos equivalem a posts aqui do site. Não é porque o autor de um destes tenha uma opinião, que necessariamente ela reflita a posição oficial da entidade.

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Destaque para a copa INTERCONTINENTAL e 4 CAMPEONATOS DO BRASIL.

    Mas daqui a pouco ele vem com algo que o Mulãoberg, RMP ou algum estágiário da FIFA escreveu por aí. rs

    Responda a este comentário

    Alexandre

    HAUAHAUAHAUAHAUAHAUA
    Hablas español, cabron? No creo. Sigue intentando… Este fin quizá, por cierto tu club será “penta”.

    Aprende a ler… “el Flamengo, con cinco cetros –uno de ellos no reconocido por la Confederación local–.”

    E a página que conta é essa aqui:
    http://www.fifa.com/classicfootball/clubs/club=44132/index.html

    E de quebra, segue a página da CBF:
    http://www.cbf.com.br/seriea/

    HASTA LA VISTA!

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    o cara da cbf lá,virgilio elisio disse que na cabeça dos rubro-negros eles são hexa,mas no papel é penta.Não existe argumento,parabéns pelo título.

    Responda a este comentário

    saulo

    Disse bem, o Flamengo é penta antes do árbitro encerrar a partida contra o Grêmio.

    Responda a este comentário

    Bender

    Xará-sofredor em 1º de dezembro de 2009 às 15:12:
    – Fla é penta!

    Parabéns meu caro. Todo mundo sabe.

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    hhahaahah porra,o cara da cbf que disse ,sou apenas o porta-voz,hexa só o são paulo,mengo será penta.

    Responda a este comentário

    João Deiró

    Viu o que estou dizendo, Bender?

    Olha a discussão que isso causou…

    Chora, arco íris!!

    Responda a este comentário

  4. Serginho Valente
    1/12/09 - 11:34

    Em tempo, bem “muderno” esse dirigente gremista.

    Responda a este comentário

  5. rafael botafoguense
    1/12/09 - 11:54

    já era,mengão ganhou o penta contra o corinthians.

    Responda a este comentário

  6. Victor
    1/12/09 - 12:17

    Eu já falei o que faria se fosse da direção rubronegra.
    Agora, se eu fosse diretor colorado, reforçaria a campanha da torcida do Grêmio e pediria reservas, juniores ou até o time de Master, porque esse time do Grêmio não ganha merda nenhuma fora de casa.

    Grêmio… clube que inovou em 2009 mandando embora seu treinador vice-campeão Brasileiro do ano anterior, que vinha com ótima campanha na Libertadores para trazer um outro que só poderia chegar um mês depois e que acabaria por fazer uma campanha modorrenta no Brasileirão.
    Esse técnico que vinha para reestruturar o Grêmio em médio e longo prazo, aliás, já rodou.
    Como é bom ter “estrutura diferenciada”…

    ****

    Não importa qual o técnico que o Grêmio vai trazer para 2010. Aposto duas caixas de cerveja que o comentário geral da mídia nacional será: “uma boa aposta”.
    Mais uma caixa bônus para as seguintes situações:
    Se for medalhão antigo – “um técnico experiente que conhece do riscado e que saberá o caminho para dar ao Grêmio a força necessária para as vitórias fora de casa que faltaram ao time em 2009”
    Se for um daqueles menos cotados – “ótima opção porque é um treinador competente, estudioso e trabalhador (sic), além de representar uma saudável renovação”

    Caso seja Joel a aposta está cancelada pela imprevisibilidade, se for o Silas também porque teria vergonha de ganhar cerveja de forma tão fácil.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    Ao que parece, Silas é o novo técnico do Grêmio para 2010.
    Confirmação em 07/12.

    Responda a este comentário

    Gaburah

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Gremio/0,,MUL1398583-9868,00-SILAS+JA+FALA+COMO+TREINADOR+DO+GREMIO+TEM+QUE+SER+CAMPEAO.html

    Responda a este comentário

  7. Karlitus
    1/12/09 - 13:35

    Diretoria do Grêmio dará assistência psicológica a seus jogadores
    Segundo a diretoria do Grêmio, seus atletas não precisam se preocupar com as pressões externas para o clássico de domingo no Maracanã contra o Flamengo. Para tanto, a diretoria gaúcha permitiu a companhia dos familiares dos atletas durante o período de concentração no campo do Palmeiras Olaria, conforme a equipe de reportagem flagrou na foto abaixo

    Fonte: A Gazeta de Caxambú

    Responda a este comentário

    Zarga

    Ih rapaz, então aquele mini-me do Pet que o Serginho colocou aqui vai ter que entrar em campo…hehehehe

    Responda a este comentário

  8. Matheus
    1/12/09 - 17:36

    Baita texto:

    http://impedimento.wordpress.com/2009/11/30/quem-ganha-e-quem-perde-com-o-titulo-do-flamengo/#more-10444

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Porra, li a primeira frase e parei. Lixo.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Lê a porra do troço todo que é melhor do que cê imagina.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Tenta tirar a peita vascaína de vez em quando também, pôxa. Hahahahaha.

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    42. rafael botafoguense | 30/11/2009 at 16:02
    ”Quem ganha: todos nós.”,

    NÃO!

    Responda a este comentário

    Matheus

    Porra, neguinho vai ficar lendo só a 1ª frase?

    Eu também não sou fã do Flamengo. Mas gosto menos do São Paulo. Pra mim, dos males o menor nesse caso. Até porque tinha chance dos zebrados serem campeões.

    E acho que, como disse o autor, o campeonato só tem a ganhar.

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    eu li o texto pow,mas isso ai é foda,não entra na minha cabeça,nem de qualquer botafoguense que ver o flamengo campeão seja bom.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Ah…mas não dá…

    “Quem ganha: todos nós.” – Porra nenhuma, quem ganha é o Flamengo e seus torcedores, eu só ganho aporrinhação.

    “1. Acabou o chororô” – Claro que não acabou. Pontos corridos é um saco, continuará sendo, e o São Paulo vai ganhar 3 a cada 5 no mínimo durante um bom tempo. Este ano foi um campeonato completamente atípico.

    “2. É possível jogar honrando a camisa que veste” – Esse time do Flamengo tem um punhado de jogadores que cagam e andam pra camisa que vestem, como Bruno, Juan e Léo Moura, por exemplo. Além disso, vários outros time jogaram bem, “honrando” suas camisas, inclusive os citados São Paulo e o Palmeiras.

    “3. Pelos 12 grandes” – Campeonato Brasileiro continua sendo equilibrado, e continuará, quando comparado a outros do Mundo, mas cada vez será menos. Estão fazendo uma festa danada esquecendo que o São Paulo está mal pra caralho e mesmo assim está brigando pelo título na última rodada.

    “Quem perde com o título do Flamengo?” – Eu, que vou ter que aturar a mulambada enchendo minha paciência. A fórmula continua sendo a mesma coisa de antes e não perde nem ganha nada.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Impressionante a mania de só ver o que se quer:

    – São Paulo ganhou os 3 últimos e quase leva esse. Mas você se esquece que ano passado levou por deslize do Grêmio-Celso-Roth e esse ano, se levar, vai ser por deslize de Flamengo, Inter e Palmeiras. Os caras sabem aproveitar o momento. Se os outros times fraquejam na hora H, o São Paulo nada tem a ver com isso e não é culpa da fórmula.

    – 2005 o Corinthians ganhou do jeito que todo mundo conhece. 2004 o Santos levou porque o Atlético-PR empatou com o Grêmio rebaixado na Arena e deixou escapar. Não sei se a hegemonia que torna “o equilíbrio cada vez menor” é tão grande assim.

    – Atípico foi o São Paulo ganhar 3.

    – O resto é comentário de camisa.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Beleza…queria ver se o texto fosse falando sobre o Atlético campeão…mas não é nem isso, essa porcaria de “todos ganham” em qualquer situação, quaisquer que fossem as personagens, é um lixo.

    “o São Paulo nada tem a ver com isso e não é culpa da fórmula” – Concordo que o clube não tem nada com isso. Mas com mata-mata é quase impossível, no futebol brasileiro, manter a hegemonia que o São Paulo mantém.

    Mas veremos se essa porcaria que você gostou faz algum sentido, e ano que vem o campeonato não será a mesma merda de sempre e o título do Flamengo de fato vai mudar alguma coisa.

    Comentário de camisa é dizer que o Flamengo “honrou” alguma coisa e os outros não.

    Responda a este comentário

    Matheus

    O cara sequer é flamenguista pra você falar isso. Se fosse um texto rubro-negro, eu não dava a mínima. Mas o cara é, salvo engano, COLORADO.

    Cara, por mim pode ser quem for campeão. Lógico que se os zebrados forem campeões eu vou ficar puto, mas é incontestável que o Flamengo, se não “mereceu” (porque não sei se essa é uma boa expressão pro caso) mais que os outros, pelo menos foi mais consistente e não deu o vacilo que os outros deram. A gente podia muito bem tá falando do Cruzeiro aqui, SE ele não tivesse tomado a virada do Flu e empatado com o Grêmio no último segundo, só pra ficar no meu exemplo.

    Acho, por fim, que quem pode tá mais puto com o Flamengo ganhar isso é, por incrível que pareça, a Globo. Se o Mais Querido for o campeão, é quase impossível conseguirem mudar a fórmula tão cedo, como eles queriam.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    A Globo, até onde sei, já desistiu de mudar a fórmula, pelo menos por enquanto.

    Sem dúvida, pra mim, o título do Flamengo é inquestionável.

    Agora, reafirmo, pra mim o cara escreveu um monte de besteira. E se o Flamengo perde essa num Maracanã entupido, vai superar em muito Cabañas, Santo André e outros menos votados. Aí sim seria bom.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Confesso que meu lado sádico não consegue deixar de imaginar o que poderia acontecer. E imagina com um certo sorriso.

    Responda a este comentário

    Victor

    A FIFA tem agora em seu site uma seção em “brasileiro”, o que para mim é uma pena.
    Quando não tinha, sempre tinham textos sobre campeonatos daqui pelo site oficial em inglês mesmo.
    Além de serem bons, sem maiores papagaiadas e platitudes, ainda eram lidos pelo mundo inteiro. Agora, não sei se manterão o padrão original, além do que também não será lido por todo mundo (até porque, o público alvo passará ser o daqui).
    De qualquer forma, tem um texto lá que acaba sendo um “Pergunte ao Saulo by FIFA“:

    Saulo, por que tem 8 times na última rodada que não brigam por nada? Nem uma reles Sulamericana? (se desconsiderar a sulamericana que ninguém dá bola até chegar nas quartas em diante, são 11 times)

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    hahahahhahha todo mundo gasta o saulo…

    Responda a este comentário

    saulo

    E seria mais interessante um campeonato mata mata com doze times de férias de outubro até janeiro???

    Responda a este comentário

    Victor

    Eu gosto do Impedimento, passo a vista por todos os posts (que assino via RSS) e me prendo em alguns.
    Pelo estilo metafórico e com muitas figuras de linguagem, não leio tudo. Pouca paciência.
    Este, por ser um assunto que me interessa, foi um dos que eu tinha tentado ler e não gostei, tanto que não aparece no “Leia Também” que fica na barra lateral. Aliás, o mais recente é um do Impedimento, bem ao estilo deles falando sobre o pré-jogo do Flamengo que coloquei para os que gostam de tantos floreios.
    No mesmo “Leia Também”, há um post de um corinthiano muito melhor sobre o tema da fórumla do campeonato. Com as ideias mais bem colocadas, melhores e mais bem escrito (isso para não falar sobre a dona do blog que pode publicar ô-que-ela-quiser)

    Nas férias, porque vou ter tempo, e também porque os ânimos estarão mais serenos com o fim do campeonato, eu vou escrever um post decente sobre o assunto. Por enquanto, fica aquela coisa porca que venho fazendo durante esse ano, e que para os que lembram, fiz ano passado com os que falavam que o campeonato é uma merda. Pílulas:

    – O campeonato é tão emocionante ou chato quanto qualquer outro em qualquer fórmula
    – bla bla bla times jogando o ano inteiro. Mentira. 7 anos e no máximo 40 times. Não vou linkar. Peça para o Saulo pesquisar em que mês o América aí do seu estado foi campeão da Série C.
    – bla bla bla Segundona Forte. Preciso?
    – Cada vez mais, o futebol é Pay-Per-View. Cada vez mais, cada um olha apenas o seu time. Dá para saber sobre o outro quando o Fluminense vai arrancando, quando o Flamengo vence três fora de casa, quando o juíz não marca 5 penaltis para o Cruzeiro, quando o Palmeiras despenca ou quando o atual tri-campeão encosta e amedronta todo mundo. Mas todo mundo vai ficar de cú na mão se acontecer uma coisa bem simplezinha: empate do Flamengo e vitória do Inter. O Internacional não teve altos e baixos. Ficou pelo G4 o tempo todo sem muito alarde. A média de público é pífia. Trocou o treinador e o novo não melhorou muito nem piorou o time. Esse time pode ser o campeão, coisa que eu não duvido, e nem o Colorado do Impedimento vai conseguir citar um jogo sequer memorável que o Inter tenha vencido.

    Eu escrevi outro dia, que não dá para comer fillet mignon todo dia. E isso resume o que penso.
    Sabe o que penso? Por incrível que pareça, penso que essa merda de campeonato é o que deve permanecer.
    Nos moldes de entender o Brasil como um País e não como um Continente, eu acho que o campeonato deva ser esse daí mesmo, com a Copa do Brasil jogada por todos os clubes durante o ano todo (a CONMEBOL que se ajeitasse para arrumar as datas de Libertadores e Sulamericana).
    Não acho que haja um tipo de campeonato que seja mais emocionante que o outro. Emocionante é jogo, e não campeonato.

    Sobre os que dizem que esse é o melhor campeonato de todos os tempos então… pfiu.
    Este é um dos piores campeonatos de todos os tempos. Onde já se viu um campeonato em que não há um time a ser batido? Que merda de campeonato é esse que chega no final com 4 times podendo ser campeão.
    Isso é bom para quem gosta de bolinha da Globo piscando. Eu gosto de ver time bom. Nem que seja para secar.
    Eu sempre apreciei campeonato com Schumacher. Tanto que foi fodaço quando Alonso ganhou.
    Não essa merda randomica deste ano com o constrangimento do carro que seria campeão andando várias provas para pontuar.
    Bom é campeonato com Chicago Bulls de Michael Jordan e alguém que se destaque para desafiá-lo.
    Cruzeiro de 2003. Implacável.
    Um campeonato com perdedores como Fluminense de 2008 na Libertadores ou Atlético de 1977 e 1987.

    Sem desmerecer o Flamengo, porque quem o desmerece é esse campeonato fraco, vi vários jogos do Flamengo esse ano, e acho um time mediano. Forte e competente, mas mediano. Não sei nem te dizer se melhor que os outros.
    Em 2007, vi um purrilhão de jogos do São Paulo. Ao vivo inclusive, e o time era bom pra dedéu. Não errava um passe. Porque os jogos do São Paulo eram chatos, neguinho vem dizer que era campeão sem jogar bola. Pelo contrário. Jogava muita bola. Era bem melhor que os demais.
    Chego a rir com esse negócio de que o Flamengo e Fluminense “buscam jogar futebol”. Buscam nada. Quer dizer, buscam como sempre fizeram, só que agora estão acertando. Como o São Paulo acertou com muito mais propriedade três anos seguidos. Rio mais ainda quando pegam o jogo fora de casa contra o Palmeiras como exemplo. Grandes merdas: ganhou do Palmeiras fora de casa quando vinha em ascenção e o Palmeiras perdendo de Deus e o Mundo (eu lembro até Serginho cogitou colocar uma grana no Palmeiras porque a má-fase não poderia continuar para sempre). Por aqui, achamos normais os resultados contra o Barueri tanto no Maraca (lembra da discussão que teve por aqui) quanto fora.
    Esse tal de “buscar o jogo”, o Fluminense e o Palmeiras fizeram contra o Cruzeiro no Mineirão, o Cruzeiro fez contra o Inter no Beira-Rio, Inter e Flamengo fizeram contra o Atlético no Mineirão e devem ter mais exemplos por aí.

    Um campeonato sensacional com um campeão de 60%. Seja qual dos 4 forem.
    A graça do campeonato está em aparecer algum Cabañas. Isso para mim que é nivelar por baixo.

    ****
    Segue abaixo a lista dos melhore e mais emocionantes Campeonatos Nacionais da história:
    – 1984
    – 1970
    – 2007 (Copa do Brasil)
    Fora desses, é resto.

    Responda a este comentário

  9. saulo
    1/12/09 - 21:36

    Espero mesmo essa mudança tática: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Flamengo/0,,MUL1399562-9865,00.html

    Responda a este comentário

  10. Wellington
    2/12/09 - 2:08

    PROFISSIONALISMO E ÉTICA, o lixo espera por vocês.

    Primeiro foi o Corinthians:
    No elenco do Corinthians há muitos flamenguistas: Ronaldo, Felipe, Jucilei e Souza.
    Jucilei deixa claro que o fato de torcer para o Mengo não significa que ajudará o Rubronegro quanto estiver em campo com a camisa do Corinthians: “Vamos jogar nosso jogo e procurar vencer. Eu torço para que o Flamengo seja campeão. Mas na hora do jogo serei sempre Corinthians, que é quem me paga. O jorge Henrique não sei se é (Flamengo), mas deve ser.” (O PRIMEIRO GOL DO FLAMENGO FOI JUSTAMENTE EM CIMA DELE, NO MÍNIMO ESTRANHO). Mas deve ser muito fácil jogar contra um time que tá torcendo pra perder.

    Agora é o Grêmio:
    Loucos pra perder, o “PROFISSIONAL” Sousa mostra que não quer ganhar pra não ficar marcado, deveria jogar no Grêmio o resto da vida, eu como dirigente, se dependesse de mim, esse não jogava nunca no meu clube. A Diretoria diz que quem decide “entregar o jogo” é a Diretoria e a comissão técnica (e eles entregam o jogo?). Vão ser os entregões da história, perderão o meu respeito e o de muitos que gostam de ética e moral também no futebol.

    O Goiás ganhou meu respeito. Jogou duas partidas dignas de final de brasileiro contra Flamengo e São Paulo, se não fossem os problemas internos visíveis após a chegada de Fernandão, poderiam ter repetido o Sport Recife que colocou nos anos 80 uma estrela de campeão brasileiro no peito, sendo um clube emergente.

    Ganhar jogando contra “TORCEDORES” e “FACILITADORES” fica fácil. Uma certa rede de TV vai alimentar o Mito que criou, farão campanha de hexa mesmo sendo penta (se confirmado o título) não respietam nem a CBF, a entendidade maior futebol brasileiro mas, como no tempo dos militares, uma mentira repetida mil vezes torna-se uma verdade. Mas esse título já tinha dono desde o gol anulado de Obina contra o Fluminense e da suspensão absurda imposta pelo STJD de três partidas aos jogadores do Dagoberto, Jean e Borges do São Paulo que depois virou um só jogo pois voltaram atrás, mas foi suficiente pra derrubar mais um eventual líder.

    PROFISSIONALISMO E ÉTICA, o lixo espera por vocês.

    Responda a este comentário

    João Deiró

    Sem brincadeira, vale manter um comentário desses no site?

    Uma coisa é querer sacanear, outra coisa é ser maluco…

    Lamentável…

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Uma certa rede de TV vai alimentar o Mito que criou, farão campanha de hexa mesmo sendo penta (se confirmado o título) não respietam nem a CBF, a entendidade maior futebol brasileiro mas, como no tempo dos militares, uma mentira repetida mil vezes torna-se uma verdade. [2]

    Não respeitam a justiça brasileira tb, q confirmou em todas as instâncias o título de campeão brasileiro do Sport.

    Responda a este comentário

    Bender

    João,
    como já disse, estou preparado para ignorar essas merdas. Esse lixo de arco-íris não me atinge. Vão inventar um monte de esquemas, armações ou malas que o Flamengo se utilizou para ser campeão. Vc vai ler muita imundice por aí como “TV vai alimentar o Mito que criou”. Gente que não sabe porra nenhuma. Não conhece história, não tem senso crítico, não pensa com a própria cabeça. Um monte de analfabeto boçal. E tudo isso com o Flamengo ainda não sendo efetivamente campeão. É o medo. Tem gente que nem dorme mais.

    Outro papo que não dá mais é 1987.
    Não aguento mais os pseudo-moralistas defendendo o “título do Sport reconhecido pela Justiça”. Nêgo peida um monte de certeza no ventilador sem saber de nada. NADA! E quando sabem das confusões daquele ano fazem ouvido de mercador e negam os fatos para desqualificar o título do rival. Isso é questão de caráter, ou questão de camisa, ou de paixão mesmo, e querem vir com papo de Justiça. O Rio Grande do Sul caga para essa história, mas se o Inter tivesse ganho aquela final, os gremistas fariam o papel que o arco-íris faz hoje.
    Acho até normal que os torcedores do Sport defendam até a morte aquilo lá que eles “ganharam” de 11 x 11 na disputa por pênaltis. Mas os militantes vestindo a carapuça já deu.
    A revolução feita no futebol em 1987 marcou época. A Copa União não era perfeita, tinha alguns erros, mas já foi. Foi um campeonato foda e teve sim um campeão dentro do campo. Agora dizem que o possível HEXA do Flamengo é “uma tentativa de roubar o título do Sport”. PelamordeDeus.
    O que aconteceu foi exatamente ao contrário, o Flamengo teve o título cassado pela Justiça e o Sport ganhou o título no tapetão em 1997.

    No mais recente escândalo com as imagens do Arruda recebendo dinheiro público para as maracutaias, ouvi o Lula e Rodrigo Maia (presidente do partido do Arruda) falarem ontem que “a imagem não fala por si” e que iam “esperar o parecer da Justiça”. VAI PRO INFERNO!!! Nêgo tá roubando na minha cara e ambos os presidentes me chamam de idiota? Vão esperar a Justiça decidir? Quantos mensaleiros a Justiça prendeu? Quantos Senadores, Deputados, Vereadores… a Justiça prendeu? Ou não existe corrupção no Brasil? As imagens falam por si SIM. E em 1987 o Bebeto chegou antes do Taffarel e fez o gol.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Falou o dono da verdade! O que sabe mais que todos! Bender pra presidente do Supremo! Huahauhauha…

    Podem chorar a vontade, o regulamento previa o quadrangular, os “fracos e injustiçados” Flamengo e Inter perderam seus jogos por W.O., e o “poderoso” Sport foi campeão dentro de campo. Título referendado pela justiça.

    O resto é questão de caráter, ou questão de camisa, ou de paixão mesmo.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Cê vai me desculpar, Serginho. E to tentando ser o mais racional possível aqui.

    Mas eu aprendi nas peladas que jogava e nos campeonatos que assistia que título que tem que ser referendado pela justiça é porque não foi ganho no campo. Quando o time não deixa margem de dúvida, não há que se falar em justiça.

    Responda a este comentário

    Victor

    Matheus. Deixou uma margem gigante de dúvida.
    O Guarani, vice-campeão de 86 foi alijado do campeonato. (em tempo, o time não era nada fraco. Pesquisar final do Paulista de 88 e o motivo que levou Jair Pereira técnico do Corinthians a gritar: “Eu é que sou foda!”).
    Copa União de 87 foi um ótimo torneio. Não há que se negar isso. Aliás, não há porque diminuir esse título em detrimento a qualquer campeonato brasileiro. Todavia, há de se entender, ao menos em um fórum como esse se propõe, que os critérios desportivos foram jogados na lata de lixo.
    Por isso, sou cauteloso. Há de se ter cuidado com essas bravatas de “ganhou dos melhores”. Melhores onde?
    André Bona coloca o título na conta do Flamengo, logo, podemos supor que ele não tem má-vontade. Pergunta a ele à respeito dos times da Copa União? Ele não vê problema algum com a forma que foi feita, mas não fica na ignorância e obscuridade que a mídia oba-oba deixa. Fica claro o critério dele de considerar o Flamengo campeão, mesmo sabendo como de fato se deu a competição. Acho perfeita a consideração dele. Ele não se esquivará em dizer que eram os times de maior apelo (com um ou outro atendendo questões políticas e/ou geográficas)

    Em tempo 2: eu entendi que você está contrapondo o Serginho na questão da decisão da decisão da Justiça, e não dizendo que o Flamengo foi campeão brasileiro em 87. Mas nesse aspecto, o gancho acabou não sendo muito bom, porque pegou um exemplo que deixa uma enorme margem de dúvida)

    Para não perder o gancho, tudo o que eu escrevi, está esmiuçado neste infeliz tópico:
    http://www.blablagol.com.br/a-historia-de-1987/
    que infelizmente contém também em volume muito mais bravatas no estilo “todo mundo viu” x “título na justiça”

    De qualquer forma, convido todo mundo a ler, pensar à respeito, e não terceirizar sua opinião pela mídia ou pela justiça.

    Para ficar claro, eu não tenho nenhum problema com quem considere qualquer coisa. Tanto que eu não considero o Flamengo campeão em 87, e a opinião que mais respeito por aqui sobre o assunto é de quem considera o Flamengo campeão de 87, André Bona. Para mim vale mais o cara saber do que está falando, do que acertar sem saber.
    Eu tenho um relógio quebrado na parede. Duas vezes ao dia ela marca a hora certa.

    Responda a este comentário

    Victor

    Só para deixar claro, já que o hábito por aqui é generalizarem sobre o que não escrevemos e/ou tomarem nosso pensamento como o oposto exato do que negamos eventualmente (ou até sempre):
    Eu não sou antagonista das decisões da Justiça. Não estou dizendo que não tem valor (só busco entender o que elas representam).

    Responda a este comentário

    Matheus

    Peguei o gancho mesmo. Pode até ser errado.

    O que eu quis dizer é que se o time foi campeão no campo, não há necessidade de decisão judicial porque ninguém vai duvidar da legitimidade do título. Basicamente, se o Sport foi campeão no campo, não haveria necessidade dessa pendenga toda.

    Não foi o que aconteceu em 87, OBVIAMENTE. Isso é um outro papo que não discuto porque não tenho embasamento nenhum, que não seja o que vocês me passam, sobre isso. Pelo o que li aqui, prefiro a ideia do Victor. Mas pode ser que eu mude de opinião.

    *****

    Mas só pra esclarecer mermo.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Imagina um campeonato mineiro dividido em dois grupos, sendo que o campeão de cada grupo se enfrentará pelo título.

    O Cruzeiro vence um e o Atlético o outro. Mas na hora da decisão o Atlético se recusa a jogar e se declara campeão.

    O Cruzeiro joga então com o 2º do outro grupo e vence dentro de campo. A justiça, num processo com amplo direito de defesa para o Atlético, referenda o título do Cruzeiro.

    Que mal há nisso?

    Responda a este comentário

    Victor

    Serginho, esse exemplo não joga muita luz ao caso.
    87 não teve a ver com esse exemplo. Nem de longe.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Cara, pra mim teve.

    É muito simples, eram dois módulos (ou grupos) regulamento previa o quadrangular entre os campeões dos módulos, os campeões do módulo verde perderam seus jogos por W.O. (se recusaram a jogar e se declararam campeão e vice), Sport e Guarani jogaram e o Sport foi campeão dentro de campo.
    Ponto Final.

    Sem sacanagem, isso é irritante pra caralho, querer ser campeão no grito e ainda ficar posando de perseguido, de injustiçado, de guardião da verdade…porra, estão falando do Flamengo, não é de um clube qualquer, se tivesse meia razão o Sport tava fudido.

    Agora, eu realmente não sei de merda nenhuma, só que houve um processo, em que o Flamengo teve ampla oportunidade de demonstrar suas razões e perdeu. Vai jogar bola e correr atrás do prejuízo.

    Responda a este comentário

    Victor

    Outro papo que não dá mais é 1987.
    Não aguento mais os pseudo-moralistas defendendo o “título do Sport reconhecido pela Justiça”. Nêgo peida um monte de certeza no ventilador sem saber de nada. NADA! E quando sabem das confusões daquele ano fazem ouvido de mercador e negam os fatos [2]

    Responda a este comentário

    Matheus

    Quanto a todo esse assunto, pelo que li depois que conheci vocês, tenho a mesmíssima opinião que você.

    Responda a este comentário

    Daniel

    Comentario foda! Parabens.
    Posso assinar?

    Responda a este comentário

    Alexandre

    “o Flamengo teve o título cassado pela Justiça e o Sport ganhou o título no tapetão em 1997.”

    Não. O Flamengo é q foi na justiça tentar recuperar o q não era dele. Foi em todas as instâncias e perdeu. Tanto é que a conta dos processos foi o CRF q pagou.

    Essa vcs não ganham nem no grito, nem no choro.

    E “mundial” não é Intercontinental. (Outra q vcs não ganham nem no grito, nem no choro.)

    Responda a este comentário

    saulo

    O Jorge Henrique pode ficar de fora. Ele jogou com muita garra e disposição. O que é questionável é a vaga direta do campeão da Copa do Brasil para libertadores. Quando ficou sem chances de título, o Corinthians naturalmente perdeu o interesse no brasileiro. Ficar em segundo ou décimo quinto, não faz nenhuma diferença. Caso essa vaga estivesse aberta, o Galo estaria na briga.

    Responda a este comentário

  11. Bender
    2/12/09 - 12:53

    Bom, minha opinião está dada aqui.

    Quem inicia um comentário dessa discussão com “é muito simples” já mostra total desconhecimento. Quem mostra, e realmente acredita, no exemplo do campeonato mineiro, vai me desculpar, mas está mal intencionado.

    Alexandre ex-falecido,
    Grito e choro é da parte de vcs. Nunca vi tanta defesa, tanto adEvogado do Sport. Deveriam ir pra Pernambuco comemorar, afinal, tapetão é a praia de vcs.

    Mas sei que isso não é regra. Conheço vascaínos, além do André Bona, que reconhecem toda a confusão de 87, colocam o Flamengo como campeão e admitem que se fosse com o Vasco o mesmo aconteceria.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Falou direito, sua opinião que, como você diz, é igual a cú.

    Pra quem não tem que inventar razões pra se auto-declarar campeão de alguma coisa é simples mesmo. Regulamento é pra ser cumprido e futebol decidido no campo.

    Responda a este comentário

    Karlitus

    Opinião é que nem bunda.
    Por isso que eu não dou a minha.

    Responda a este comentário

    Matheus

    Ou que nem braço. Uns simplesmente não tem.

    Responda a este comentário

    Bender

    inventar razões
    auto-declarar campeão
    (não) cumprimento de regulamento

    Tudo isso vc conhece bem com seu Vascão.

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Dane-se tua opinião. Contra FATOS não há argumentos.
    Não cumpriu o regulamento e ficou com a Copa coca-cola/grobo.
    Perdeu em todas as instâncias, teve q pagar a conta dos processos, e o título ficou com o Sport.

    Responda a este comentário

    Bender

    Filhote,
    Eu já até coloquei aqui o site da Justiça Desportiva afirmando que o cruzamento não era previsto. Depois que a CBF quis alterar. Tá lá no post “A História de 1987”. É só procurar. É assim mesmo, a militância só vê o que quer. Lá tem até a foto da Taça da Copa Coca-cola/Globo com as iniciais C.B.F. pra vcs que gostam tanto dela.

    E as duas aqui mesmo nesse post colocaram o site da Fifa.
    Honours:
    1 Uniao Cup: (green module -1987)

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Títulos:
    * 1 Copa Toyota Intercontinental (1981)
    * 1 Copa Libertadores (1981)
    * 1 Copa MERCOSUR (1999)
    * 1 Copa CONMEBOL (1996)
    * 4 campeonatos de Brasil (1980, 1982, 1983, 1992)

    http://es.fifa.com/classicfootball/clubs/club=44132/index.html

    Títulos
    – 1 Campeonato Sudamericano de Clubes: 1948
    – 1 Copa Libertadores: 1998
    – 1 Copa Mercosur: 2000
    – 4 Campeonato Brasileños: 1974, 1989, 1997, 2000

    http://es.fifa.com/classicfootball/clubs/club=1882504/index.html

    Responda a este comentário

    Bender

    HUAHUHUHUHAuHAUHUAHUAHuhaUAHUHAUHUAhUAHUHAuHAu… bem representativo!

    É o que eu venho falando. Só vê o que quer. Não coloca a parte que não lhe interessa. A militância é igualzinha aos dirigentes da CBF de 1987. E o que o Vasco tem com isso???

    UHAUhuAHUHAUHAUHuahUAHUHAUAHUAHU… RIDÍCULO!!!

    Vai inventar exemplo patético de campeonato mineiro mané.

    Ainda não entendeu que foda-se o que foi decidido no Tribunal?

    E mesmo assim, seus órgãos oficiais
    http://www.blablagol.com.br/continuar-pra-que/comment-page-1/#comment-44130

    além de surdo

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Primeiro: Quem veio falar de Vasco foi vc, lá em cima.

    Segundo: Se é q “foda-se o que foi decidido em Tribunal?” então pq é q o Flamengo foi a justiça reclamar pelo título que a CBF e FIFA reconhecem como do SPORT?

    Responda a este comentário

    Bender

    Porque os dirigentes eram tão inocentes quanto vc.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Não consegue elaborar um raciocínio simples, isso explica tanta coisa…

    Realmente o Vasco não tem nada com isso. Quem o citou foi você. Aqui:
    http://www.blablagol.com.br/continuar-pra-que/comment-page-1/#comment-44246

    Mas o ponto, é que a FIFA coloca os dois com 4 títulos brasileiros, os outros títulos nem interessam mesmo. Mas eu devia saber que algumas limitações inviabilizariam a compreensão da mensagem.

    Dá até pena…

    Responda a este comentário

    Bender

    Tá com peninha de mim… tadinho… lembro de um ditado que diz “quem tem pena é galinha”.

    Meu caro, não citei Vasco. Apenas zuei com o campeonato que vc rejeita o regulamento por ser do seu interesse. EXATAMENTE o que vc faz com o caso de 87.

    Apesar de já ter zuado bastante, nunca disse que o Vasco é “apenas” tri. Não defendo ferrenhamente com a minha vida o título para o São Caetano. Se vc tem peninha, eu tenho vergonha por vc. Teria vergonha se fizesse parte dessa militância.

    Não sei pq tamanho desespero com a vantagem numérica de títulos do Fla contra o Vasco nos últimos anos. O Vasco já teve mais título brasileiro que o Flamengo, o Flamengo já colocou 3 de vantagem, agora tem apenas 1. Vamos juntos domingo na torcida, eu pelo Fla (para aumentar para 2) e vc pelo Grêmio (para a diferença se manter). Mas no campo, sem Tribunal.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    Não rejeito regulamento nenhum, e nenhum regulamento do mundo diz que algum time deve perder um jogo por causa de um acidente.

    Ainda sim, o que aconteceu em São Januário NADA tem haver com 87, e sim com 92.

    O engraçado, é que você entende mais de regulamentos e leis que o Supremo, e ainda por cima é engenheiro. Impressionante. Um dia vão descobrir seus “talentos”.

    Não há desespero nenhum, pelo menos da minha parte. Nem me meteria de novo nessa discussão, me meti porque começaram a alardear uma mentira como se fosse uma verdade absoluta, e isso me irrita.

    Decidir no campo, foi que fizeram Sport x Guarani e Vasco x São Caetano.

    Responda a este comentário

    Bender

    Acidente ≠ imprudência e irresponsabilidade

    Não entendo nada mais que ninguém. Essas discussões não são ideias minhas. Mas tenho sim, meu pensamento próprio.

    Mentiras ou verdades absolutas não existem. Sei que o Flamengo é campeão brasileiro de 1987. E isso não é opinião minha. É fato.

    Responda a este comentário

    Alexandre

    huahuahua
    Vc coloca um monte de coisa por aí… desde rmpink até mulãoberg, e espalha por aí como se fosse verdade… vc pega um artigo de um site e nas tuas mãos a coisa se transforma em bíblia, ou água benta, ou sei lá… aí tu pega o Green Module q a Fifa reconhece como um “módulo” e vende como campeonato brasileiro. A fifa colocou alí “Module” pq reconhece como um “módulo”, assim como a CBF reconhece q o Flamengo venceu o módulo e não o campeonato.
    Tu não tem vergonha na cara não?

    Responda a este comentário

    Bender

    Deveria ter vergonha quem defende a ferro e fogo um título no tapetão apenas por paixão.
    Deveria ter vergonha quem vem falar de regulamento, não sabe porra nenhuma e ignora o da Copa JH 2000.
    Deveria ter vergonha quem nega os fatos ocorridos e fala um monte de besteira.

    Responda a este comentário

    Alexandre

    Chora, bender, pode chorar.
    Um grande abraço.
    :)

    Responda a este comentário

    Bender

    Cara,
    aproveita seu retorno e vem com algo produtivo.
    Ficar só no chororô retrô 87 não acrescenta.

    Responda a este comentário

    Alexandre

    E INTERCONTINENTAL não é MUNDIAL, valeu?
    Abraço…

    Responda a este comentário

    rafael botafoguense

    HADOOOOUKENNNNNNN!!!!!!!!!

    Responda a este comentário

  12. Gaburah
    2/12/09 - 13:06

    Rapaz, só hoje fui ver os gols de framengo X curintia.
    Uma beleza a atuação do goleiro do curinga no segundo gol do fra.
    Só se fala do Grêmio, mas essa foi de amargar…

    Se a gente parar pra pensar, esse campeonato foi realmente uma tragédia do ponto de vista ético.

    Responda a este comentário

  13. Flamengo e a mídia
    3/12/09 - 14:04

    […] exemplo disso, é a questão atual acerca do jogo contra o Grêmio. Só se fala sobre o time sulista entregar a partida para não beneficiar o Inter, ou como os […]

Deixe seu comentário