Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

Artigos sobre ‘América’

O Campeonato Gaúcho é o mais tradicional do Brasil

February 12th, 2017 | 2 Comments | Filed in América, América-MG, Atlético-GO, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Botafogo-SP, Chapecoense, Clubes, CO, Corinthians, Coritiba, Criciúma, Criciúma, Cruzeiro, Estaduais, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Friburguense, Futebol, Goiás, Grêmio, INTERIOR, Internacional, Ituano, Ituano, Linense, MG, Náutico, Números, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, PR, PR, RJ, RJ, RS, RS, Santa Cruz, Santo André, Santos, São Paulo, SC, SC, SP, SP, Sport, Tupi, Vasco, Vitória

Os campeonatos estaduais começaram e uma pergunta não saía do cabeça do uma pessoa do Brasil: qual estadual é o mais tradicional do Brasil?
Pelo sistema de datas, fica fácil demais: o Campeonato Paulista é o mais antigo, de 1902. Mas o que seria dos campeonatos se fossem considerados os times ATUAIS que o disputam, considerando a fundação de cada um, qual seria o campeonato mais tradicional do Brasil, a saber, o que possui os TIMES mais tradicionais? Daí foi ir às contas. Como critério, usei estaduais que tenham, em 2017, que é o ano que nos interessa, um time a menos na Série A do Brasileirão.

Rio de Janeiro:

Bangu 1904
Boavista 2004
Bonsucesso 1913
Botafogo 1904 *
Cabofriense 1997
Campos 1912
Flamengo 1895/1912
Fluminense 1902
Macaé 1990
Madureira 1914
Nova Iguaçu 1990
Portuguesa-RJ 1924
Resende 1909
Tigres do Brasil 2004
Vasco da Gama 1898/1915
Volta Redonda 1976

O Carioca é um dos campeonatos mais tradicionais e um dos mais complexos de fazer a conta. Devido à fundação dos clubes no remo diferir (e estar bem documentada) da do futebol, podemos usar datas de fundação do futebol, como 1911 para o Flamengo, 1918 para o Vasco, etc. Porém, muitos outros clubes no Brasil apresentam datas de fundação controversas, anos no amadorismo, de desfiliação, etc. Portanto, resolvi usar as daas oficiais, menos para o Botafogo, que diferentemente dos co-irmãos cariocas, não apenas introduziu o futebol mais tarde como o fez a partir de um clube associado e posterior fusão.

Média de idade de fundação: 1939,75

São Paulo

Audax 2013*
Botafogo 1918
Corinthians 1910
Ferroviária 1950
Ituano 1947
Linense 1927
Mirassol 1925
Grêmio Novorizontino 2010
Palmeiras 1914
Ponte Preta 1900
Red Bull Brasil 2007
Santos 1912
São Bento 1913
São Bernardo 2004
São Paulo 1935
Santo André 1967

*Foi usado o mesmo critério que com o Botafogo carioca. O Audax foi comprado e passou a mandar os jogos na cidade de Osasco, usando um escudo parecido com o “irmão de fusão” Grêmio Osasco. Creio que foram muitas mudanças para se considerar a continuidade do clube.

Média da idade de fundação: 1949,5

Minas Gerais

América-MG 1912
América-TO 1936
Atlético-MG 1908
Caldense 1925
Cruzeiro 1921
Democrata-GV 1932
Tombense 1914
Tricordiano 2007
Tupi 1912
Uberlândia 1922
URT 1939
Villa Nova 1908

Média: 1928

O tradicionalismo dos times do campeonato mineiro é impressionante. Apenas o Tricordiano destoa, sendo todos os clubes que não ele fundados antes de 1940!

Pernambuco

Afogados 2013
América-PE 1914
Atlético-PE 2006
Belo Jardim 2005
Central 1919
Flamengo de Arcoverde 1959
Náutico 1901
Salgueiro 1972
Santa Cruz 1914
serra Talhada 2011
Sport 1905
Vitória de Santo Antão 2008

Média 1960,583

O Náutico, como o próprio nome indica, entra na mesma situação dos cariocas. A diferença é pouca, já que o Timbu introduziu o futebol em 1905. No entanto, foi considerado o ano de sua fundação global como com seus pares do remo pelo Brasil.

Goiás

Anápolis 1946
Aparecidense 1985
Atlético-GO 1937
CRAC 1931
Goianésia 1955
Goiás 1943
Iporá 2000
Itumbiara 1970
Rio Verde 1963
Villa Nova 1943

Média da idade de fundação: 1957,3

Santa Catarina

Atlético Tubarão 2005
Almirante Barroso 1919*
Avaí 1923
Brusque 1987
Chapecoense 1973
Criciúma 1947
Figueirense 1921
Inter de Lages 1949
Joinville 1976
Metropolitano 2002

Média da idade de fundação: 1960,2

*O Almirante Barroso recebeu o mesmo tratamento dos demais clubes náuticos do Brasil.

Bahia

Atlântico 2000
Bahia 1931
Bahia de Feira 1937
Flamengo de Guanambi 2009
Fluminense de Feira 1941
Galícia 1933
Jacobina 1993
Jacuipense 1965
Juazeirense 2006
Vitória 1899*
Vitória da Conquista 2005

Média: 1965,364

*Vitória com o mesmo tratamento dos clubes de remo cariocas, catarinenses, pernambucanos, etc.

***
Rio Grande do Sul

Brasil 1911
Caxias 1935
Cruzeiro 1913
Grêmio 1903
Internacional 1909
Juventude 1913
Novo Hamburgo 1911
Passo Fundo 1986
São José 1913
São Paulo-RS 1908
Veranópolis 1992
Ypiranga 1924

Média: 1926,5

Por muito pouco, a média de idade de fundação dos clubes gaúchos supera a dos mineiros em pioneirismo e assim sendo, o Gauchão é o campeonato com os times mais tradicionais do Brasil em 2017. MG e RS se destacam nesta conta, podendo variar a “liderança” a depender dos clubes que sobem ou descem. Vemos que este ano apenas Passo Fundo e o incaível Veranópolis destoam da grande tradição dos outros clubes do Rio Grande do Sul.

E o menos tradicional?

Analisando as médias dos campeonatos segundo o critério de possuir um representante ao menos na Série A, vemos que o campeonato “menos tradicional” é o Paranaense, com uma média de 1974,67, apesar da grande tradição de clubes como o Coritiba, o primeiro verdão do Brasil, a grande quantidade de clubes montados no século XXI, que costumam muitas vezes ser taxados de “clubes-empresa”, acaba subindo a média paranaense. Dos participantes de 2017, mais de 50% foram fundados após 1990.

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Campeonato Carioca 2012: Deu Flu na Taça Guanabara e Fogo na Taça Rio

April 29th, 2012 | 372 Comments | Filed in América, Botafogo, Campeonato Carioca 2012, Flamengo, Fluminense, RJ, Vasco

À vera pra uns, pré-temporada pra outros.

O regional mais fodão do Brasil começou em 22/01 com os quatro grandes ganhando sem maiores dificuldades, Fluminense já papou a Taça Guanabara e a Taça Rio é do invicto Botafogo.

Cartolinhas e Cachorros decidem.

Até aqui, fomos de post coletivo. Decisão merece post próprio.

Afinal de contas, pré-temporada é coisa que precisa ser bem feita.

Choose your weapon

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

Caio Martins, o que fazer?

March 15th, 2011 | 72 Comments | Filed in América, Botafogo, Estrutura, Flamengo, Fluminense, Observatório, RJ, Vasco

O bom e velho Caldeirão (e os apartamentos que piscavam suas luzes atentendo à saudação de Januário de Oliveira)

Não adianta remar contra a corrente.

Nos últimos dias vem crescendo na minha mente a ideia (ao meu ver FANTÁSTICA) de que o Fluminense – depois da saída barulhenta de Muricy – tentasse assumir o Estádio Caio Martins, em Niterói, junto ao Botafogo e ao Estado do Rio de Janeiro.

Vista aérea

Uma comunhão de diversos interesses alimenta minha bandeira: o Botafogo não utiliza seu Caldeirão de outrora para absolutamente NADA hoje em dia, principalmente depois de arrendar o Engenhão. O alçapão está abandonado, vendo sua (ainda) boa estrutura degradar-se e o mato crescer. Junte-se a isso o fato de o tricolor das Laranjeiras não possuir um CT, muito menos um campo decente para treinamentos. Para o Estado, a garantia da boa manutenção de seu patrimônio aliado à sua valorização – para que não se torne um elefante branco de vez numa época em que os grandes/médios estádios começam a entrar em voga no Brasil.

Torcedores do Botafogo conheceram uma série de sentimentos dentro das históricas paredes de Caio Martins. Nas palavras do ícone rafael botafoguense:

Caldeirão fica na nossa história. Muitas histórias fodas. semi final da Comenbol,Túlio Maravilha, Russão, Fall and Rise of Putfire 2002/2003, Fúria Jovem e por aí vai…

Eu passei grandes momentos no Caio Martins, intimamente ligados à Era Túlio Maravilha. Vivi emoções inesquecíveis com o Botafogo por lá. E hoje reconheço a evolução que foi o clube catapultar-se para o Engenhão. Ainda assim, tenho (como todos os botafoguenses e/ou moradores de Niterói) enorme carinho pelo estádio.

Se eu fosse o novo presidente do Flu dava uma ideia FORTE no Botafogo pra tentar assumir o Caio Martins, já que aquilo lá hoje só dá despesa para o Alvinegro. Bobeira do Fluminense em não tentar e burrice do Botafogo se não ceder.

Pra CT do tricolor tá bom demais. Vai precisar dumas reformas, mas sempre serviu muito bem ao Botafogo.

*****

Fica também aberto o espaço àqueles que quiserem reverenciar o Caio Martins, contando aqui suas experiências – boas e ruins – vividas no estádio que foi quintal de casa dos botafoguenses e niteroienses de maneira geral durante muito tempo.

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

A sorte de Lazaro Ramos

February 12th, 2011 | 109 Comments | Filed in América, Atlético-MG, Campeonato Carioca 2011, Cruzeiro, Vasco

No capítulo de hoje de Insensato Coração, Camila, a Pitanga, convidou Lazaro, o  Ramos para assistir o jogo do América toda crente que o adversário era canja de galinha.

Péssima aposta. O adversário no Clássico da Paz deu um créu no Ameriquinha. 9×0.

Sorte grande de Ramos que aproveitou para dar um créu na Pitanga como consolo.

Dessa Pitanga eu chupo até o caroço

****

7 Lagoas também viu créu. Aproveitando-se da imparidade de 2011, Diego, o Tardelli, hattrickeou a Raposa diante de 9.793 pagantes exclusivamente azuis. Tudo muito ímpar. Menos o número de gols que Fábio foi buscar no fundo das redes.

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

O que falta para o América chegar lá

March 25th, 2010 | 48 Comments | Filed in América, Vasco

O Diabo fará ainda dois jogos pela fase de grupos na Taça Rio, o clássico contra o Flamengo e fechando em casa contra o Volta Redonda (sabe-se lá o que casa significa neste campeonato em que os grandes jogam sempre nos mesmos estádios, sob a justificativa escrota de estádios preparados para a transmissão de TV). Jogando no grupo mais fraco, o América vem conseguindo se destacar e somar 11 pontos a essa altura do campeonato.

Pelo que se vê no campeonato, entende-se que o América pleiteia a vaga destinada ao cruzmaltino (seja lá que cruz é essa) Vasco da Gama que anda cambaleante com O Esporádico (ainda no cargo até o fechamento do artigo).

Com duas vitórias, o América se classifica para as semi-finais e não tem conversa.

Caso empate uma partida, secar o Vasco passará a ser necessário já que 6 pontos colocariam o Gigante da Colina em vantagem no número de vitórias.

Acontece que no meio dessa conta, o Vasco que não vem jogando pedrinhas pega um Fluminense que vem muito bem, obrigado, descompromissado e que não terá o menor pudor em atrapalhar o caminho dos alvinegros.

Pode o Botafogo rodar e até o Tigres se classificar, mas elocubremos, caso necessário, na última rodada quando alguém finalmente verá o América.

O América vai se classificar para a semi-final da Taça Rio?
View Results

****

Em Porto Alegre, o Estadual pode vir a cortar mais uma cabeça.

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.

O América que ninguém vê (nem eu)

March 15th, 2010 | 16 Comments | Filed in América, Campeonato Carioca 2010

Como a ordem é salvar o que de melhor apareceu nas discussões do volátil Open-Bar, transcrevo aqui uma breve conversa entre eu e Saulo (dupla mais do que improvável) sobre o Mequinha, surpresa deste estadual – se não pelos resultados, mas pelas apresentações.

‘Nós ainda queremos muito mais… América unido vencerás!’

O América é o melhor time do Carioca 2010, o mais arrumado e o que joga o futebol mais bonito. O que me credencia a dizer isso são as duas apresentações do rubro contra Botafogo e Fluminense (abaixo), onde dominou amplamente, mas não venceu devido à falta de qualidade de seus atacantes. Aliás, se o América tivesse uma dupla (ou trio, ou alguns) de atacantes maior peso (juro que não pensei em Zárate, Escalada e afins), com certeza estaria brigando pelo menos por uma das vagas no quadrangular final. Nos dois turnos (embora Bebeto tenha dado um azar danado no início da TG).

Segue:

saulo – 13/03/2010

Quem viu a partida Fluminense X América, foi por incrível que pareça, um grande jogo. O empate foi um bom resultado diante das circunstâncias para o tricolor. O “Diabo” infernizou e perdeu gols incríveis. O Júnior parece ter resgatado o futebol promissor dos tempos do Vasco. Foi o nome do jogo. Um volante bom marcador e excelente no apoio.

Gaburah reply on March 14th, 2010 7:16:

E ainda fez um golaço.

Incrível como o América vem jogando bem – por vezes melhor, como contra Botafogo e Fluminense – e não consegue ganhar. Tomara que o Romário continue fazendo o bom trabalho que parece, pois em campo o Mequinha está no caminho certo.

Com dois ou três nomes de peso, o América decola em 2011.

saulo reply on March 14th, 2010 17:12:

Diferente dos grandes clubes, o América vai precisar desfazer do time inteiro porque vai ficar quatro mêses sem jogar até a série D do brasileiro. Não saberemos exatemente se vai ter investimento e interesse da UNIMED em uma competição sem tanta visibilidade.

Victor reply on March 14th, 2010 17:29:

Ué?
Não é você quem mais defende que o Brasileiro de pontos Pontos Corridos eliminaram o problema dos times ficarem meses sem jogar e arcar com suas folhas anuais de pagamento (férias, 13º e impostos inclusos)?

Ah… esqueci que Saulo Kfouri é aquele que prega a justiça e o desenvolvimento… para os grandes.

André Bona reply on March 14th, 2010 23:21:

Os tais pontos corridos resolvem o problema de meia duzia que acabariam antes o campeonato pq sairiam nas finais e impoe aos trocentos clubes do brasil essa realidade.

Espero que o cartola Romário não desanime ou mude seu planejamento, pois ao que tudo indica o América Football Club reencontra seu caminho junto aos grandes do Rio de Janeiro. Lento, mas com objetivo.

O futebol carioca agradece.

Você pode receber nossos artigos de graça pelo seu e-mail. Apenas inscreva-se pela caixa abaixo.