Home   Open-Bar   Trollagem   Bolão   Mercado da Bola   Copa do Brasil   Seleção   NFL   Contato  

A bruxa tá solta, mas a culpa não é só dela

August 7th, 2008 por | Categorias: Campeonato Brasileiro 2008, Flamengo, Futebol, Goiás.

O azar, ou a falta de sorte como alguns gostam de falar, está mesmo com o Flamengo. A bola não entra. A pelota estufar as redes do adversário é coisa rara para o Flamengo de hoje.

Já vi vários jogos desse time do Flamengo e parece que o Caio Jr. tem um mesmo padrão sempre. O time domina as ações (jogando em qualquer lugar) com mais posse de bola (cronometrada inclusive), joga bem (na maioria do tempo melhor que o adversário) e sofre em alguns contra-ataques. Na época que o time contava com Marcinho, os gols saiam e os resultados apareciam. Agora, sem o artilheiro, sem Renato Augusto, Tardelli e Kléberson, as coisas pioraram de vez. Até o tal Vandinho se machucou aos 5 minutos do 1º tempo.

A Diretoria errou feio ao não reforçar o time para o campeonato brasileiro. Acharam que com o time campeão estadual podiam disputar o título nacional. O único reforço do Flamengo para o brasileirão foi o próprio técnico Caio Jr. Para os que não sabem ainda minha opinião sobre técnicos, eu acho uma burrice gastar muito com treinador que não seja realmente diferenciado.

Caio Jr. não me parece ser ruim, mas também não está ajudando. Ontem, na derrota para o fraquíssimo time do Goiás, quando ficou sem zagueiro com a contusão do fraco Dininho, colocou o Airton. Pensei: “Bom, Jailton vai pra zaga e Airton vai jogar no meio”. Porra nenhuma. Airton, muito melhor que Jailton, Toró ou Cristian, ficou de zagueiro. Pra coroar, Maxi, que sumiu no 2º tempo, só foi substituído aos 40 e poucos minutos.

Por diversas vezes, o Ibson puxa uma jogada de ataque e abre os braços. Não só ontem no 1º tempo, como em diversas oportunidades em muitas partidas. Ele simplesmente não tem com quem jogar além do Juan, que foi sozinho ontem, o time do Flamengo no 2º tempo. Jogou muito. Leo Moura está num sono profundo.

O Flamengo, que já não tem ataque, vai para o próximo jogo também sem zaga. Com Angelim também machucado e Fábio Luciano levando o 3º cartão ontem, Caio Jr. terá que improvizar.

A zona está logo ali. A 10 pontinhos.

n
O quê mais irrita no atual time do Flamengo?
View Results

Inscreva seu e-mail e confirme pelo link eviado para receber novos artigos do Blá blá Gol.

21 Comentarios Enviar por e-mail Enviar por e-mail

21 Comentários para “A bruxa tá solta, mas a culpa não é só dela”

  1. Zargarotinho
    7/08/08 - 13:14

    É, Rafael. O cenário é exatamente esse que você descreveu. Eu só queria reforçar que os últimos gols (todos, com exceção do Palmeiras) foram em cima do Jaílton. É muito fácil passar por aquele imbecil que fechou os olhos ontem e deu um bico horroroso na trave. Detalhe: era ele e o gol de 7 metros com o goleiro no chão.

    É o que falei em um post anterior: o Flamengo só é competitivo contra um time sem ataque. A bola dificilmente entra e, em algum momento, sempre leva um gol. Tá feia a coisa…

    Responda a este comentário

    Rafael

    O gol do Palmeiras foi em cima do Dininho, que não parece ser um idiota como o Jailton, mas é fraco toda vida…

    Tão incrível qto o gol que o Jailton perdeu ontem chutando na trave foi o lance no 2º tempo que a porra da bola não entrou mesmo com diversos chutes e acabou explodindo no travessão.

    A defesa do Flamengo é muito ruim. No primeiro gol do Goiás, como pode um atacante ficar tão livre, tão sozinho em cobrança de escanteio????

    O segundo gol aos 46 minutos nem falo. Todo mundo meio dormindo. Repara no lance, o cara nem cruzou, ele chutou a bola fraca e rasteira para dentro da área e o Jailton ficou olhando o Iarley chutar a queima roupa para a rede.

    Responda a este comentário

  2. Saulo
    7/08/08 - 14:06

    Caio Júnior não tem nenhuma culpa no cartório. Apenas indicou o Vandinho e o Éverton do Paraná não veio imediatamente como queria. Não é perseguição, mas o Joel no início da temporada inchou o elenco de volantes ao seui próprio pedido atendido pela diretoria. Atualmente sobra jogadores para defesa e o setor de marcação do meio campo, mas falta criadores e neste momento finalizador com a contusão do Vandinho. Houve uma tentativa de lançar o Érick Flores, porém o jogador ainda não está pronto para assumir essa responsabilidade. Precisa fazer reforço muscular e melhorar alguns fundamentos. Algo normal para um jogador em formação. Precisa definir logo essa situação do Felipe.

    Responda a este comentário

    Rafael

    Caio Jr não tem culpa. Mas ele poderia ir fazendo algumas poucas modificações pontuais ao invés de insistir com os mesmos erros.

    O Airton sempre entra bem, o moleque poderia ter uma chance. Caio Jr poderia não pedir para o Leo Moura marcar o tempo todo. O Erick poderia entrar aos poucos, nem no banco fica.

    Responda a este comentário

  3. Victor
    7/08/08 - 14:09

    Eu estava lendo o post até ler a palavra Maxi.
    Maxi para mim está para o Flamengo como Jean para o Vasco e Fabinho para o Fluminense.
    Não são jogadores para esses ou qualquer outro time de 1º divisão no Brasil. Nem para o Ipatinga.
    Quando um time não se livra de problemas tão óbvios como esses, fica até complicado procurar os outros erros.

    ****

    Curioso, é que somente pela saída do Souza, que ainda assim foi comemorada pelos flamenguistas, não vejo este elenco como muito diferente daquele do Joel do ano passado.

    Cadê o Saulo?

    Responda a este comentário

    Zargarotinho

    Mas ano passado o Ibson e o Léo Moura estavam voando e fazendo gols importantes. Nos últimos jogos ficou revoltante ver o futebolzinho dos dois…

    Responda a este comentário

    Victor

    Com o Ney Franco, o Léo Moura não estava jogando bem.

    Lembro de quando o Joel entrou no Fla e resolveu levar o time para Teresópolis e foi bem específico no assunto Léo Moura:

    “Eu não estou fazendo nada demais, só trouxe os jogadores para cá, tirei o Léo Moura do baile funk…”

    Responda a este comentário

    Saulo

    Em relação a afirmação do Victor do Joel, o time escalado no início por Caio Júnior era bem diferente. Ele mesmo afirmou que o Renato Augusto era meia, bem diferente do antecessor ao qual comparava com Edmundo para justificar em escalar no ataque. Era evidente um time mais técnico e ofensivo com a melhora do Kléberson. Achei péssima a saída do Souza, torcedor é fanático e imediatista. Ao contrário do atual titular, Obina não tem a mesma mobilidade, habilidade e técnica para fazer o papel de pivô. Possui muitas limitações e suas dificuldades são maiores porque o meio campo não colabora. Era evidente que o Léo Moura iria cair de produção. Todos os treinadores sabem das suas qualidades e marcou as suas investidas para o ataque. E o Maxi faz o que pode, corre praticamente sozinho na frente às vezes com três defensores na sua cola.

    Responda a este comentário

    Rafael

    Achei boa a saída do Souza simplesmente porque ele é fraco. Está no nível do Obina. Nunca fez nada de mais. O Maxi é um pouquinho melhor que eles, mas é fraco também.

    Não acho grandes coisas o papel que ele fazia (e bem) de pivô. Acho que o lugar de centro-avantes como ele e Obina é dentro a área, pra de repente a bolar bater neles e entrar.

    O problema é que a gente se acostuma rápido e mal. O Flamengo deveria ter atacantes de verdade. Nível de Adriano ou Ronaldo, ambos nos bons tempos.

    Responda a este comentário

    Victor

    E um meia-armador como Zidane além de um zagueiro como Figueroa.

    Sem esses reforços não tem como disputar um Brasileiro.

    Responda a este comentário

  4. Rafael
    7/08/08 - 15:36

    Parece que o Maxi fez algo de muito ruim por trás do Victor. Que perseguição é essa? Se o cara não é para jogar em qq clube da 1ª divisão do Brasil, imagina as outras malas muito piores que o Maxi.

    Só no Flamengo deve ter uma meia-dúzia.

    ****

    Outra coisa que não entendo é essa louvação pelo Joel. Joel é um cagão e ano passado contou com o Bruno, Ibson e Leo Moura jogando muito.

    ****

    Eu continuo achando boa a saída do Souza.

    Responda a este comentário

  5. Glauco Melo
    7/08/08 - 16:57

    Galera
    To aqui de novo ………. e vim compartilhar a minha angústia com vcs porque nem dormindo direito estou mais ……..
    Há muitos anos o Flamengo vem lutando contra o rebaixamento e quando acertou o time (ano passado) conseguindo uma vaga para a Libertadores deste ano e contratou peças de reposição de qualidade na maioria dos setores do time o que faz a brilhante diretoria do Fla ??

    Vende a porra toda e não contrata !!!

    Aí eu pergunto : cadê o dinheiro com a venda de Renato Augusto, Marcinho, Souza e etc ???

    Do jeito que tá voltaremos a nossa saga de anos anteriores ………. lutar contra o rebaixamento !!!

    Tá foda !!

    Outra observação:

    Tá claro que os times brasileiros irão sofrer todos os anos com o calendário do campeonato brasileiro ….. os times começam de um jeito e aí vem a porra da janela de transferência e o time muda todo ……. acho que tá na hora de adequarmos nosso calendário com o resto do mundo pois não dá pra competir com os altos salários oferecidos mundo à fora

    Repito : Tá foda !!!

    Grande abraço à todos

    Responda a este comentário

  6. Sabrina
    7/08/08 - 19:52

    Olá, Rafael,

    o Flamengo não está dando sorte. Está mesmo jogando bem em algumas partidas, mas já são 7 sem vencer, neh???

    Eu particularmente já tinha comentado no meu blog q achava o time um cavalo paraguaio e q o Caio não é tão bom quanto alguns da impressa acham…

    No Palmeiras, ao menos, suas substituições eram seis por meia dúzia e sempre demoradas…

    p.s. o Blog Jornalismo Esportivo está fazendo uma cobertura das olimpídas…entrem e comentem!!!

    Responda a este comentário

    Rafael

    Oi Sabrina,

    Além de estar sem sorte, o time do Flamengo enfraqueceu. Importantes jogadores foram vendidos, outros estão quebrados e outros, talvez até mais importantes que os demais, não estão jogando bem. Então, mesmo com boas apresentações do time, fica complicado as vitórias surgirem.

    Sempre vai existir um “cavalo paraguaio” da vez. Até mais de um num mesmo ano. 2003 foi exceção.

    Caio Jr vai mostrando que não é diferenciado. Tá na mérdia dos treinadores brasileiros.

    Vou passar lá no seu blog depois para comentar.

    Valeu!

    Responda a este comentário

    Saulo

    Caio Júnior está ao nível dos melhores treinadores do Brasil. Ele não é milagreiro em montar um grande time com faltas de jogadores para funções de criação e finalização. E o pior foi a contusão do Kléberson que poderia dar algum alento a falta de imaginação do meio campo. Faltou planejamento da diretoria em contratar jogadores para repor antes das perdas do Marcinho, Renato Augusto e Souza. São Paulo se mexeu antes e sobe de produção.

    Responda a este comentário

  7. Serginho Valente
    7/08/08 - 23:25

    Seria o Botafogo deste ano o Flamengo do ano passado e vice-versa?

    Responda a este comentário

    Zargarotinho

    Tá parecendo. A difereça é que ano passado o Botafogo só perdeu a liderança na 17ª rodada. Já o Flamengo…

    Responda a este comentário

    Rafael

    Não sei.

    Sei que “o Vasco será campeão brasileiro”.

    Responda a este comentário

    Serginho Valente

    E será.

    Responda a este comentário

    Rafael

    Sim. Será sim.

    O Flamengo também.

    Responda a este comentário

Deixe seu comentário